Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3995-4325

Produção de petróleo fica estável em fevereiro em relação a janeiro

A produção nacional de petróleo se manteve praticamente estável em fevereiro, ante janeiro. Segundo a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), foram produzidos no mês retrasado 2,617 milhões de barris diários, o que representa uma alta de 0,1%, na comparação com o mês anterior e uma redução de 2,2% frente a fevereiro de 2017.

Já a produção de gás natural caiu 2,3% entre janeiro e fevereiro, para 110 milhões de metros cúbicos diários (m³/dia). Na comparação com fevereiro de 2017, houve um aumento de 3% na produção do mês retrasado.

O aproveitamento de gás natural no Brasil alcançou, em fevereiro, 96,7% do volume total produzido. A queima de gás totalizou 3,6 milhões de m³/dia, uma redução de 10,5% se comparada a janeiro e de 9% em relação a fevereiro de 2017.

A produção total de óleo e gás, por sua vez, somou 3,308 milhões de barris diários de óleo equivalente (BOE/dia) em fevereiro, o que representa uma queda de 0,42% ante janeiro e de 1,13% na comparação com fevereiro do ano passado.

O pré-sal bateu recorde histórico e representou 53,3% da produção nacional de óleo e gás. Ao todo, foram produzidos, em média, 1,763 milhão de BOE/dia no pré-sal, um aumento de 2,3% em relação a janeiro. De acordo com a ANP, foram produzidos 1,408 milhão de barris/dia de petróleo e 56 milhões de m³/dia de gás natural.

Conteúdo local

Na metade deste mês, a ANP deve publicar a resolução que trata do mecanismo de “waiver” [pedido de isenção do cumprimento dos índices de conteúdo local], disse o diretor-geral do órgão regulador, Décio Oddone.

Pela regra de flexibilização da política de conteúdo local, as petroleiras poderão optar por percentuais de nacionalização mais recentes, e mais baixos, para contratos em vigor, da 7ª Rodada à 13ª Rodada, desde que abram mão do mecanismo de “waiver”.

Oddone afirmou também que, em maio, a ANP deverá publicar a regulamentação da redução das alíquotas de royalties para projetos de revitalização de campos maduros.

 

Fonte: Valor Online

Related Posts