Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3970-1001/3970-1008

Consumo de GNV cresce em Santa Catarina

As vendas de gás natural veicular (GNV) apresentaram um crescimento de 19,19% nos primeiros cinco meses deste ano, em relação a 2017. Se comparado com 2016, o crescimento é ainda maior, alcançando 23,18%.

A média de consumo diária chegou a aproximadamente 1,6 milhão de m³ de gás natural no período de janeiro a maio, atingindo o maior patamar de vendas da SCGÁS para este segmento desde 2014.

O avanço do gás natural para utilização nos veículos leves está associado à competividade da tarifa aplicada aos postos de Santa Catarina – é a menor do país -, a política de preços da Petrobras que vem aumentando periodicamente o custo dos combustíveis líquidos e a reação das atividades econômicas no estado.

O gás veicular apresenta 56% de vantagem comparado à gasolina e 66% em relação ao etanol. Em termos práticos, abastecendo R$ 30 de cada combustível, o motorista anda 65 km utilizando etanol, 82 km com gasolina e 189 km com GNV.

Mesmo com o reajuste anunciado pela ARESC na última semana – o GNV chegará aos postos em média 27% mais caro a partir de primeiro de julho -, a competitividade frente aos combustíveis líquidos será mantida, cabendo a cada estabelecimento praticar sua política de preços ao consumidor.

Em Santa Catarina, segundo dados divulgados pelo DENATRAM na semana passada, são 95.362 veículos emplacados e adaptados para o uso do GNV. A SCGÁS entrega o gás natural para 132 postos, espalhados por quase 50 municípios catarinenses, por meio de rede canalizada e no modal comprimido.

 

Fonte: SCGÁS / Comunicação

Notícias relacionadas