Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3995-4325

Petróleo fecha em baixa com sinais de aumento da oferta

Os contratos futuros de petróleo fecharam em queda na sexta-feira (3), depois de uma sessão marcada pela volatilidade, tendo oscilado ao longo do dia entre ganhos e perdas.

No fechamento, o petróleo WTI (setembro), negociado em Nova York, caiu 0,68%, a US$ 68,49 o barril. Em Londres, o Brent (outubro) terminou em baixa de 0,33%, a US$ 73,21 o barril. Na negociação estendida, o WTI cedia 0,62%, a US$ 68,53, e, o Brent, caía 0,15%, a US$ 73,34. Na semana, o WTI cedeu 0,72%, enquanto, o Brent, 2,11%.

O mercado tem sido pressionado por sinais de aumento da oferta. E, nesta sexta-feira, pesquisa da S&P Global Platts trouxe que a produção de petróleo nos países membros da Opep subiu, em julho, em 340 mil barris por dia sobre junho, para 32,66 milhões de barris diários. Os dados incluem o mais recente membro do cartel, a República Democrática do Congo.

Principal integrante da Opep, a Arábia Saudita produziu 10,63 milhões de barris diários, maior volume desde agosto de 2016, quando produziu o recorde de 10,66 milhões de barris por dia. Ainda segundo a pesquisa da S&P, a produção no Kuwait e nos Emirados Árabes Unidos alcançou um pico desde dezembro de 2016. Na Rússia, a produção aumentou em 150 mil barris por dia.

Nesta semana, dados dos Estados Unidos mostraram inesperado aumento dos estoques no país. Houve alta de 3,8 milhões na semana encerrada em 27 de julho.

 

Fonte: Valor Online

Related Posts

Leave a reply

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.