Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3970-1001/3970-1008

Chamadas públicas de distribuidoras somam até 17,7 milhões de m³/dia de gás

As chamadas públicas de gás natural por parte de distribuidoras do Centro-Sul e do Nordeste contratarão até 17,7 milhões de m³/dia no total, sendo 9,7 milhões de m³/dia para as empresas do Centro-Sul e 8,080 milhões de m³/dia para as do Nordeste. Dentre as distribuidoras dos 12 estados que participam do processo, a Compagás é a empresa que pretende comprar o maior volume de gás, com até 5,9 milhões de m³/dia, de acordo com levantamento da Brasil Energia.

O processo de compra coordenada das distribuidoras teve o pontapé inicial dado no último dia 10/8, com a publicação dos editais por parte das companhias do Sul – Compagás (PR), Sulgás (RS) e SCGás (SC) -, além da GasBrasiliano (noroeste de SP) e a MSGás (MS), que também aderiram à mesma compra coordenada. No último dia 14/8, foi a vez das distribuidoras do Nordeste. A Bahiagás é a responsável pela compra do maior volume da região, com 4,1 milhões de m³/dia.

Embora as empresas tenham se unido para lançar as chamadas em bloco, cada uma terá seu processo de compra. Há maior complexidade no caso das empresas do Centro-Sul devido ao tamanho dos seus mercados. Cada uma optou por fazer contratação em diferentes modalidades, como firme, flexível, sazonal, disponibilidade e customizado – onde há livre negociação entre o supridor, que pretende ofertar por meio desse tipo de contrato, e a compradora.

A Compagás, por exemplo, colocou no mercado o maior edital. O gás será comprado em cinco diferentes modalidades de contratos, com volume a ser contratado de até 5,9 milhões de m³/dia.

Já a MSGás lançou um edital para a compra do combustível em dois tipos diferentes de contrato: firme e customizado, que pode alcançar até 700 mil m³/dia.

Veja como está a distribuição dos volumes a serem comprados pelas distribuidoras do Centro-Sul:

Distribuidora Volume
Sulgás Lote 1: 1 milhão de m³/dia (firme)

Lote 2: 200 mil m³/dia (firme)

Lote 3 (firme): 130 mil m³/dia

Lote 4 (flexível): 50 mil m³/dia a 150 mil m³/dia

Lote 5 (sazonal): 100 mil m³/dia

Total: 1,630 milhão de m³/dia

SCGás Lote 1: 1,8 milhão de m³/dia (firme)

Lote 2: 2,2 milhões de m³/dia (flexível)

Total: 4 milhões de m³/dia

Compagas Lote 1: 950 mil m³/dia (firme)

Lote 2A: 87 mil m³/dia (sazonal)

Lote 2B: até 87 mil m³/dia (customizado)

Lote 3 (firme): 100 mil m³/dia

Lote 4 (firme): 380 mil m³/dia

Lote 5A (disponibilidade): 2,190 milhões de m³/dia

Lote 5B (firme): 2,190 milhões de m³/dia

Total: 5,9 milhões de m³/dia

GasBrasiliano Lote 1: 800 mil m³/dia (firme)

Lote 2: 300 mil m³/dia (flexível)

Lote sazonal: 140 mil m³/dia

Lote flexível 1: 150 mil m³/dia

Lote flexível 2: 130 mil m³/dia

Total: 1,520 milhão de m³/dia

MSGás Lote 1: 540 mil m³/dia (firme base)

Lote 2: 160 mil m³/dia (customizado)

Total: 700 mil m³/dia

Total: 9,7 milhões de m³/dia. Fonte: levantamento Brasil Energia, com dados das distribuidoras

 

Fonte: Brasil Energia Online

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Você deve ser logado postar um comentário.