Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3995-4325

Momento Gasmig

O presidente da Gasmig, Pedro Magalhães, comemora a duplicação do lucro da estatal registrado durante sua gestão, de maio de 2017 até o momento. O resultado anual foi de R$ 90 milhões em 2016 e em 2018 fechou em R$ 180 milhões. “Em 30 anos de história da Gasmig foram ligadas 17 mil residências a gás, no meu período, foram 50 mil unidades, alta de 200%”, conta.

Privatização

Pedro Magalhães diz que a Gasmig deve ser vendida, aliás no governo Fernando Pimentel já havia esse projeto. “Mas o governo pode ficar com o controle da empresa vendendo somente as ações preferenciais e ficando com as ações ordinárias”, defende. Atualmente, a Gasmig tem 400 funcionários entre quadro próprio e terceirizados.

Gás Natural Veicular

O consumo de Gás Natural Veicular (GNV) também registrou aumento de 70% em 2018 ante 2017. A expectativa agora é quanto ao reflexo da lei aprovada no fim de 2018 que prevê isenção de IPVA para carros movidos a gás e eletricidade produzidos em Minas Gerais. “Se abre mão de receita de IPVA de R$ 40 milhões, mas tem um ganho de receita de ICMS de R$ 1,8 bilhão quando vende o carro para fora (outros Estados)”, calcula Pedro Magalhães.

 

Fonte: O Tempi (MG) / coluna Minas S/A

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Você deve ser logado postar um comentário.