Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3995-4325

Petrobras libera 50% da capacidade de gasodutos

A Petrobras liberou cerca de 50% da capacidade disponível nas redes de gasodutos de transporte da TAG e da NTS. Somando-se ao total liberado para livre negociação no Gasbol, o volume chega a 60 milhões de m³/d, aproximadamente metade da capacidade total da rede de transporte de gás do país. A informação foi passada pela diretora de Refino e Gás Natural da petroleira, Anelise Lara.

“Nosso interesse é comercializar apenas o gás do nosso portfólio, sem comprar a produção de parceiros que hoje não conseguem colocar o gás deles no mercado”, explicou Anelise. “Queremos que eles comercializem esse gás e tomem o risco do mercado. Com mais fornecedores, você rateia a tarifa, e o custo do transporte cai”.

A Petrobras também espera reduzir sua participação nas rotas de escoamento do gás natural. Hoje, a companhia detém 80% de participação nas Rotas 1 e 2, em operação no pré-sal. A ideia é criar uma empresa para controlar esses ativos e, depois vender, parte do controle. Um dos caminhos para isso seria abrir o capital da nova companhia em bolsa. “Queremos manter uma participação minoritária, mas relevante nessa estrutura”, ressaltou.

Bolívia

Anelise disse que a empresa aguarda ainda a definição da eleição de Evo Morales na Bolívia para concluir as negociações de fornecimento de gás natural pelo Gasbol. “Queremos reduzir o volume contratado de 30 milhões de m³/d para 20 milhões de m³”, observou. O aditivo do contrato diz respeito ao volume de gás contratado no modelo take or pay e que não foi retirado pelo Brasil. A executiva estima que esse volume será retirado inteiramente nos próximos três ou quatro anos.

 

Fonte: Brasil Energia

Related Posts