Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3970-1001/3970-1008

Etanol recupera vantagem em Goiás, mas sobe em 16 Estados em uma semana

Apesar de os preços da gasolina nas bombas terem começado a refletir as reduções promovidas pela Petrobras nas refinarias na semana passada, o etanol hidratado voltou a ficar competitivo nos postos de Goiás, único Estado onde ainda oferece vantagem econômica para os motoristas de carros flex. Já em Mato Grosso o valor do biocombustível superou a paridade de 70% ante os preços do combustível fóssil.

Em Goiás, o preço médio do etanol hidratado (usado diretamente nos tanques) sofreu um tombo de 7% em uma semana, de acordo com o levantamento da ANP feito na semana encerrada dia 21. O valor médio ficou em R$ 3,079 o litro, ou 68,3% do preço médio da gasolina, que caiu 2,78% na semana em Goiás.

Nos demais Estados, porém, o etanol continuou perdendo vantagem ante o combustível fóssil. O biocombustível subiu de preço em 16 Estados e só caiu em nove e no Distrito Federal (DF). Não houve pesquisa no Amapá. Já a gasolina caiu na ampla maioria das unidades federativas.

Em alguns Estados, apesar de o etanol ter ficado acima de 70% do valor da gasolina, a diferença nominal considerável ainda atrai os motoristas para o consumo do biocombustível. É o caso de São Paulo, onde o litro do etanol caiu 0,88%, para R$ 3,035 o litro, e permaneceu em 70,2% do preço médio da gasolina. Em Minas Gerais, há 6 horas

o preço do etanol até subiu na semana, 0,33%, para R$ 3,33 o litro, mas a relação com a gasolina alterou-se ligeiramente, para 70,9%.

Em Mato Grosso, onde o etanol oferecia vantagem na semana até o dia 14, o preço médio do produto caiu apenas 0,03%, enquanto o da gasolina recuou 0,43%. Assim, o preço médio do biocombustível, de R$ 3,286 o litro, ficou em 70,2% do valor da gasolina – ante 69,9% na semana anterior.

 

Fonte: Valor Online

Notícias relacionadas