Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3970-1001/3970-1008

Petróleo fecha em alta à espera de cooperação global para equilibrar o mercado

Os contratos futuros do petróleo fecharam mais uma sessão em forte alta, em meio às perspectivas de um corte coordenado de produção de petróleo entre a Arábia Saudita, Rússia e Estados Unidos.

As companhias de petróleo americanas estão divididas sobre a proposta de cooperação entre os três países que mais produzem petróleo no mundo, que seria um evento sem precedentes. Algumas companhias, incluindo Exxon e Chevron, se opõem ao plano, enquanto algumas produtoras de petróleo de xisto são favoráveis.

Uma aliança de produtores de petróleo liderada pela Arábia Saudita e pela Rússia deve debater cortes de produção de pelo menos 6 milhões de barris por dia em uma teleconferência na segunda-feira (6) e considerar se convidará os produtores dos EUA a participar da discussão, segundo funcionários da Organização dos Países Produtores de petróleo (Opep).

Apesar do apoio misto entre os produtores americanos, os contratos do petróleo fecharam mais uma sessão de fortes ganhos nesta sexta-feira (03). O contrato do Brent para junho subiu 13,92%, a US$ 34,11 por barril, acumulando ganhos de mais de 20% na semana. O contrato do WTI para maio, por sua vez, avançou 11,92% na sessão, a US$ 29,34 por barril, com alta semanal de cerca de 30%.

O petróleo teve uma semana muito positiva, com vários sinais de cooperação entre os produtores da commodity para estabilizar os preços.

 

Fonte: Valor Online

Notícias relacionadas