Av. Ataulfo de Paiva, 245 - 6º andar - Salas 601 a 605 – Leblon/RJ – CEP: 22440-032
+55 21 3995-4325

ES Gás assina primeiro contrato não-térmico dentro do mercado livre de gás

ES Gás assinou, no último dia 14, o primeiro contrato não-térmico dentro do mercado livre de gás, com a ArcelorMittal. Nesta modalidade, os contratantes podem negociar o insumo diretamente com o supridor de sua preferência, remunerando a distribuidora pelo uso da infraestrutura de dutos, denominado CUSD (Contrato de Uso do Sistema de Distribuição). A Companhia já havia firmado contrato no mercado livre de gás em março de 2022 com as Usinas Termelétricas de Povoação, Linhares Geração e Viana, para o fornecimento de energia elétrica ao Sistema Interligado Nacional, contratado no leilão emergencial realizado pelo Governo Federal. Para tal fornecimento, a empresa gera energia por meio do calor, a partir da queima de combustível fóssil; neste caso, o gás natural. A ArcelorMittal é, portanto, o primeiro cliente da modalidade no mercado não-térmico. Por meio do contrato, a ArcelorMittal, que receberá o gás natural da Galp Energia, conglomerado português com atuação no mercado de produtos petrolíferos e gás natural, usará a rede de distribuição de gás da ES Gás, para que o insumo chegue em suas instalações. O gás natural será usado no terceiro Alto-forno da usina, já adaptado para receber esse tipo de combustível.

São elegíveis ao mercado livre de gás, segundo a Lei 11.173/2020, que dispõe sobre normas para o mercado livre de gás canalizado, usuários com volume de consumo igual ou superior a 10.000 m³/dia, que podem adquirir a molécula diretamente do supridor. O volume contratado da ArcelorMittal é de 260 mil m³/dia. Para Antonio Fernando Cesar Filho, diretor de Operações da ES Gás, “o mercado livre de gás oferece mais liberdade aos consumidores elegíveis para suas contratações, o que favorece o ambiente de negócios à medida que garante que sigam seu planejamento energético na aquisição do insumo, contratando a concessionária para o uso de sua rede de distribuição. É um movimento natural de um mercado aberto que estamos aptos a atender”. De acordo com o CEO da ArcelorMittal Aços Planos, Jorge Oliveira, “a empresa está focada em promover a evolução contínua dos seus processos ambientais, incluindo a meta do Grupo que é ser carbono neutro até 2050. E o gás natural, que é um combustível de transição, será utilizado junto com o carvão, agora em menor quantidade, no Alto-Forno 3 da empresa”.

Fonte: ES Gás / Comunicação

Related Posts