Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3970-1001/3970-1008

Presidente da Bahiagás participa de programa na Rádio Metrópole

O diretor-presidente da Bahiagás, Luiz Gavazza, foi o convidado de terça-feira (10) do programa Seis em Ponto, comandado pelo radialista e presidente da Câmara Municipal de Salvador, Geraldo Júnior, na Rádio Metrópole. Na ocasião, o gestor da Companhia respondeu os questionamentos do apresentador e dos ouvintes sobre diversos assuntos que envolvem o gás natural.

Durante a entrevista, ele explicou sobre a composição da Bahiagás, como a Companhia atua e como acontece a distribuição do gás natural. Também ressaltou como equipamentos públicos vêm se beneficiando com a utilização do energético, citando como exemplo o Hospital Couto Maia, primeiro do Brasil totalmente climatizado com o gás natural.

Questionado por um ouvinte sobre como conseguir apoio para a realização de projetos, Luiz Gavazza aproveitou para lembra sobre o novo Edital de Patrocínios, recém-lançado no site oficial da Companhia. “Nosso retorno à população vem na forma desse edital de patrocínios, através do qual investimos em importantes projetos que só agregam benefícios aos baianos”, salientou o diretor-presidente.

Gavazza também ressaltou o potencial do estado para o fornecimento de gás natural. “Com produção terrestre (onshore) e no mar (offshore), a Bahia se tornou um polo de movimentação do gás natural. Isso significa que qualquer empresa que queira se instalar no estado poderá usufruir dos benefícios deste energético”, observou.

Outro ponto importante abordado por Gavazza diz respeito à necessidade de redução do valor da molécula do gás natural adquirido pela Companhia a fim de disponibilizá-lo à clientela com preço mais competitivo. “Isso só vai acontecer com a entrada de outros supridores no mercado. E a Bahiagás foi pioneira nesse sentido ao abrir uma chamada pública para a aquisição do gás natural, buscando novas fontes supridoras com melhor custo benefício”, acrescentou.

Ao longo da entrevista, o diretor-presidente da Bahiagás tirou outras dúvidas sobre fornecimento de gás natural para residências, segmentos de atuação, entre outras.

Fonte: Bahiagás / Comunicação

Notícias relacionadas