Av. Ataulfo de Paiva, 245 - 6º andar - Salas 601 a 605 – Leblon/RJ – CEP: 22440-032
+55 21 3995-4325

Estados descongelam ICMS, e gasolina pode subir R$ 0,027 em São Paulo

O impacto do descongelamento do ICMS sobre combustíveis, anunciado pelos governadores nesta sexta (14), deve chegar ao consumidor já no próximo mês, e o litro da gasolina na bomba pode ficar R$ 0,027 mais caro em São Paulo, segundo o Sincopetro. No ano passado, os combustíveis estiveram entre os grandes vilões da inflação. O etanol foi o item do IPCA (a inflação oficial do país) que acumulou a maior alta, de 62,23%. A gasolina subiu 47,49%; o óleo diesel, 46,04%. Por maioria de votos, os secretários estaduais do Comsefaz decidiram encerrar, a partir do dia 31, o congelamento do tributo sobre os combustíveis, que vigora desde o fim do ano passado. “A política de preços da Petrobras só serve para manter e aumentar os lucros da petrolífera”, disse o governador do Piauí, Wellington Dias (PT), que é coordenador do Fórum Nacional de Governadores, ao anunciar a decisão.

O preço médio do litro da gasolina no Brasil subiu 0,18% nesta semana, de R$ 6,596 para R$ 6,608, indicou pesquisa divulgada pela ANP nesta sexta-feira (14). Foi o primeiro aumento do combustível, após oito quedas consecutivas nas bombas. O levantamento da ANP é realizado em postos de combustíveis espalhados pelo país. O preço do óleo diesel, por sua vez, avançou 1,46%, de R$ 5,344 para R$ 5,422. Já o etanol recuou 0,09%, de R$ 5,051 para R$ 5,046.

 

Fonte: Valor Online

Related Posts