Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3970-1001/3970-1008

MS: Russos discutem gás e incentivos com Estado

A concessão de incentivos fiscais à Petrobras e o fornecimento de gás natural foram os principais temas discutidos entre a diretoria  do grupo russo Acron e o governo do Estado.

A reunião foi realizada na quinta-feira e contou com a participação dos secretários Jaime Verruck (Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico) e Eduardo Riedel (Governo).

De acordo com informações da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico (Semagro), o grupo, que é um dos dez maiores produtores de fertilizantes do mundo, está interessado na compra da Unidade de Fertilizantes Nitrogenados III(UFN-III), em Três Lagoas.

Em operação, a fábrica terá capacidade para produzir 2,2 mil toneladas por dia de amônia e 3,6 mil toneladas por dia de ureia. E a preocupação com o gás natural tem motivo.

Para atingir essa produção, serão necessários 2,2 milhões de metros cúbicos por dia de gás natural, matéria-prima para a produção do fertilizantes. A definição do fornecedor desse gás, no entanto, será do comprador da planta.

No dia anterior, os diretores já haviam se reunido com o prefeito Ângelo Guerreiro, e com o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Antônio Luiz Teixeira Empke Júnior.

Ao todo, seis empresas foram habilitadas a participar do processo de alienação da Petrobras, que inclui também a usina Araucária Nitrogenados (Ansa).

 

Fonte: Correio do Estado (MS)

Notícias relacionadas