Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3970-1001/3970-1008

Algás: Aumento de preços da gasolina e etanol favorece uso do GNV

Gás natural proporciona economia de até 46% e promoção da Algás oferece bônus àqueles que converterem seu veículo

Com a escolha do combustível certo para o seu veículo, a economia no fim do mês pode chegar a mais de 40%. Esse é o caso de quem opta pelo gás natural veicular (GNV), que, segundo o levantamento mais recente da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), chega a ser 34% mais econômico em relação à gasolina e 46% se comparado ao etanol.

Com mais de 20 mil veículos que utilizam o gás natural veicular (GNV) hoje em Alagoas, motoristas estão reconhecendo o GNV, cada vez mais, como a opção ideal para economizar com combustível, especialmente para os que trabalham dirigindo ou demandam maior rendimento veicular.

Para garantir a confiabilidade e a segurança do kit, a instalação e a inspeção de veículos movidos a GNV devem ser realizadas em oficinas e organismos credenciados pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), onde todas as normas estabelecidas são seguidas a rigor. “Além de oferecer segurança, a manutenção periódica é essencial também para o melhor aproveitamento do combustível e deve ser realizada anualmente”, pontua Fabio Sousa, gerente comercial da distribuidora de gás natural de Alagoas, a Algás.

GNV É MIL

Com o sucesso da promoção GNV É MIL, idealizada pela Algás, o cenário ficou ainda mais oportuno para quem pensa em adaptar o veículo ao gás natural e economizar com combustível no fim do mês. Agora, a promoção está na reta final e segue até o dia 10 de junho.

Os motoristas que cumprirem os requisitos, dentre eles, a instalação de kits a partir da 5º geração com cilindros novos, receberão um bônus de mil reais da companhia. O regulamento completo da campanha “GNV é mil”, assim como a lista de oficinas autorizadas a realizar o serviço de adaptação de veículos para o uso do GNV, estão disponíveis no site algas.com.br/gnv.

 

Fonte: Algás / Comunicação

Notícias relacionadas