Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3970-1001/3970-1008

Bolívia reporta reservas de gás menores do que anunciado por Morales

O governo da Bolívia, comandado pela presidente interina Jeanine Añez, comunicou nesta quarta-feira (27) que as reservas de gás natural do país são menores do que o anunciado pela administração anterior de Evo Morales, relata a “Associated Press”. Em agosto do ano passado, foi reportado que as reservas comprovadas até 31 de dezembro de 2017 eram de 10,7 trilhões de pés cúbicos (TCF).

O atual ministro de hidrocarbonetos da Bolívia, Víctor Zamora, explicou que a soma das “reservas comprovadas desenvolvidas e das reservas comprovadas não desenvolvidas totaliza 8,95 TCF em reservas totais comprovadas”.

A situação não deve afetar a capacidade boliviana de exportação, frisou Zamora, que estão garantidas. “São [estas reservas] com as quais vamos trabalhar e temos sustento para realizar qualquer venda ou exportação”, declarou. “Temos possibilidade de continuar com os negócios de gás com Argentina, Brasil e o mercado interno. Estamos tranquilos”, comentou o ministro.

Na terça-feira (26), informa o jornal “El Deber”, o governo de Santa Cruz relatou, com base em dados da petroleira estatal YPFB, que as reservas de gás para o mercado interno alcançam 0,81 TCF.

 

Fonte: Valor Online

Notícias relacionadas