Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3995-4325

Distribuidoras nordestinas realizam Chamada Pública para compra de gás natural

Distribuidoras de gás natural de cinco Estados do Nordeste lançaram, chamadas públicas para compra de gás de novos supridores. Os editais serão publicados por CopergásS (PE), Algás (AL), Cegás (CE), Potigás (RN) e Sergas (SE). A compra total é de 2,406 milhões m³/dia de gás natural, com o fornecimento previsto para ser iniciado em 2022. As informações e os editais serão divulgados nos sites de cada uma das distribuidoras.

Produtores, importadores ou agentes comercializadores poderão participar da chamada pública. Apesar de elaborada de forma coordenada, a iniciativa não resultará numa compra conjunta de gás natural. Devido às especificidades de cada distribuidora em relação a volumes e pontos de entrega, as cinco companhias optaram por editais próprios e realizarão a aquisição de forma individual.

Somadas, as cinco distribuidoras atendem mais de 184 mil consumidores de gás natural e possuem mais de 2.670 quilômetros de redes de distribuição em 61 municípios.

No caso da pernambucana Copergás, a chamada pública aceitará gás natural independentemente de sua origem – nacional ou importada através do GNL (Gás Natural Liquefeito) – em dois lotes alternativos de contratação. Para o Diretor Técnico Comercial da Copergás, Fabricio Bomtempo, a chamada pública é uma oportunidade para a Copdergás ampliar sua competividade econômica. “O setor está passando por transformações e a Copergás busca estar em sintonia com esse novo mercado, sempre com a preocupação de oferecer o melhor produto disponível, com a prestação de um serviço de qualidade aos nossos clientes, em todos os setores atendidos pela Companhia”.

Os interessados poderão propor condições para suprimento de gás natural para a Copergás em volume de até 1 milhão m³/dia para os anos de 2022 e 2023 ou ainda alternativamente oferecerem gás natural através de suprimento de GNL no Porto de Suape. Neste caso a intenção é contratar até 750 mil m³/dia durante 5 anos, a partir de 2022.

O objetivo do edital é a diversificação de supridores das diversas modalidades com melhores condições comerciais a serem repassadas ao nosso mercado. No Rio Grande do Norte, que possui uma condição diferenciada pela atuação de empresas no onshore, há inclusive uma expectativa de participação importante desses novos ofertantes. A Potigás prevê a compra de até 236 mil metros cúbicos diários do combustível. O Edital será realizado em um lote único de contratação.

O Presidente da Cegás, Hugo Figueirêdo, afirma que a chamada pública é uma oportunidade para que novos fornecedores entrem no mercado, aumentando a oferta e reduzindo os preços ao consumidor final. O lote da Cegás prevê um volume de suprimento de 600 mil m³/dia, por dois anos, com início de fornecimento em 01/01/2022. Os volumes serão entregues nas Estações de Transferência de Custódia – ETC, localizadas nos municípios de Fortaleza, Aquiraz, Pecém, Caucaia, Aracati e Horizonte. O edital da Cegás prevê ainda a contratação de biometano, gás derivado da purificação do biogás. Em 2018, a Cegás se tornou a primeira distribuidora de gás do Brasil a adquirir e injetar o Gás Natural Renovável (GNR), um biometano gerado a partir de resíduos sólidos no Aterro Sanitário Municipal Oeste de Caucaia (ASMOC), na região metropolitana de Fortaleza, na sua rede de distribuição.

Em Alagoas, a Algás identificou oportunidades comerciais com o objetivo de expandir o mercado de gás natural no interior do Estado e estima uma compra diária de 270 mil metros cúbicos. O objetivo é diversificar as fontes supridoras de gás natural e buscar preços mais competitivos para obter condições mais favoráveis de desenvolvimento e competitividade às indústrias locais.

A companhia sergipana Sergas distribui gás natural para 31.244 clientes, localizados em sete municípios. A empresa pretende adquirir 300 mil m³/dia para comercialização através de sua rede de distribuição, que totaliza 243 km.  Até 2024, a Sergas planeja atingir 308 km de rede de distribuição e 52.006 clientes, em 10 municípios de Sergipe.

 

Fonte: Comunicado conjunto

Related Posts