Av. Ataulfo de Paiva, 245 - 6º andar - Salas 601 a 605 – Leblon/RJ – CEP: 22440-032
+55 21 3995-4325

SCGÁS e outras quatro distribuidoras do Centro-Sul selecionam 11 supridores para etapa de negociação em Chamada Pública

A SCGÁS e outras quatro Distribuidoras de Gás Canalizado do Centro-Sul do país selecionaram 11 supridores para seguirem na etapa de negociação da Chamada Pública Coordenada (CP22). Entre os selecionados estão os produtores Shell e Petrobras, os comercializadores GasBridge, Trafigura, EBrasil, Compass, New Fortress e Nimofast, dois produtores de biometano, CRVR e Cocal, e a Tradener, produtora de gás em terra (onshore). Ao todo, mais de 100 propostas seguem no processo de negociação, que ocorre a partir de junho. O objetivo é que, ao longo do segundo semestre, as distribuidoras celebrem novos contratos de suprimento, contemplando períodos de fornecimento de gás natural a partir do ano que vem.

No caso da SCGÁS, os selecionados para priorização das negociações foram Trafigura, GasBridge, NewFortress, Petrobras e Shell. As propostas que avançam para o processo de negociação incluem diferentes modalidades de atendimento, vinculadas à produção nacional, importação via gasoduto e gás natural liquefeito (GNL). Nas negociações serão considerados, além do preço, as condições operacionais e comerciais e as garantias de fornecimento ofertadas pelos supridores.

 “Por meio da Chamada Pública Coordenada entre as distribuidoras do Centro-Sul objetivamos ganhar escala e atrair o maior número possível de ofertantes. Assim, poderemos ampliar a competitividade na oferta de gás para o Estado, já que o nosso novo plano de negócios contempla quase meio bilhão de investimentos para ampliação da rede catarinense até 2025” comenta Willian Anderson Lehmkuhl, Diretor Presidente da SCGÁS.

A Chamada Pública Coordenada (CP22) contou com um total de 13 potenciais supridores participantes, com o recebimento de mais de 130 propostas de suprimento para análise. O resultado, muito superior ao primeiro processo realizado pelas concessionárias, demonstra a clara contribuição das distribuidoras em prol da abertura do mercado de gás no país, mediante a ampliação do número de potenciais agentes e fontes supridoras. Mesmo com o bom número de propostas recebidas, as distribuidoras alertam que desafios vinculados à regulação do transporte ainda necessitam ser superados para a formação de um ambiente mais atrativo, viável e competitivo para todos os agentes e, consequentemente, com vantagens para o mercado consumidor.

A Chamada Pública é uma iniciativa das distribuidoras MSGás (Companhia de Gás do Estado de Mato Grosso do Sul), GasBrasiliano (Gas Brasiliano Distribuidora), Compagás (Companhia Paranaense de Gás), SCGÁS (Companhia de Gás de Santa Catarina) e Sulgás (Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul). No total, o potencial de contratação a médio prazo supera a marca dos seis milhões de m³/dia. Juntas, as cinco distribuidoras que integram a CP22 respondem por 15% do mercado de distribuição de gás no Brasil, atendendo mais de 170 mil consumidores diretos.

 

Fonte: SCGÁS / Comunicação

Related Posts