Av. Ataulfo de Paiva, 245 - 6º andar - Salas 601 a 605 – Leblon/RJ – CEP: 22440-032
+55 21 3995-4325

Copergás inicia fornecimento de gás natural em Garanhuns

O gás natural chegou a Garanhuns, no Agreste Meridional de Pernambuco. A Copergás iniciou o abastecimento para a indústria alimentícia DPA/Nestlé, o primeiro cliente do município. Nos próximos meses, o atendimento será ampliado para os segmentos comercial, residencial e de gás veicular, com a instalação de um posto com GNV.

O presidente da Copergás, André Campos, disse que o gás natural é indutor do desenvolvimento e a chegada a Garanhuns vai contribuir com o dinamismo econômico do município e de toda região. “Garanhuns é uma das cidades mais importantes de Pernambuco. Um polo turístico, cultural, econômico, irradiador de progresso para todo o Agreste Meridional. Nada mais justo do que colocar ao alcance de sua população uma fonte de energia segura e eficiente, que contribui com a redução da emissão de poluentes e que é economicamente sustentável”, afirmou André.

Garanhuns fica a cerca de 230 km do Recife, tem uma população estimada em 140 mil habitantes (IBGE/2021) e PIB de R$ 2,6 bilhões. Com a inclusão da DPA/Nestlé, o total de indústrias abastecidas pela Copergás chegou a 128, em 19 municípios do Estado – Garanhuns é o 19º. O segmento industrial responde pela maior parte do consumo de todo o gás natural distribuído pela Companhia.

A instalação do gás natural em Garanhuns é fruto de um projeto pioneiro de rede local executado pela Copergás, em parceria com o grupo americano New Fortress. O sistema contempla dois municípios do Estado: Petrolina, no Sertão do São Francisco, que teve inauguração em outubro passado e hoje conta com abastecimento industrial e um posto com GNV, e Garanhuns, que começa agora a ser abastecido.

“Estamos investindo na ampliação da interiorização da Copergás, seguindo orientação do governador Paulo Câmara e do secretário Geraldo Julio (Desenvolvimento Econômico), que desejam colocar o gás natural ao alcance do maior número possível de pernambucanos”, disse André Campos. “Esse projeto de rede local não se encerra em Garanhuns e Petrolina. Nossa meta é chegar a outros municípios”, completou.

Como funciona o Projeto de Rede Local

A New Fortress faz o transporte do gás natural em estado líquido (o chamado GNL, Gás Natural Liquefeito), por meio de caminhões refrigerados. No município, o combustível passa por uma estação de regaseificação, voltando ao estado gasoso, próprio do gás natural, e em seguida é transferido para a Copergás. A partir daí, a Companha pernambucana odoriza o produto (originalmente o gás não tem cheiro) e executa a distribuição para os clientes locais, através de uma rede de gasodutos construída na cidade. O modelo de rede local viabiliza a chegada do gás natural a cidades mais afastadas da malha tradicional de gasodutos.

 

 

Fonte: Copergás / Comunicação

Related Posts