Av. Ataulfo de Paiva, 245 - 6º andar - Salas 601 a 605 – Leblon/RJ – CEP: 22440-032
+55 21 3995-4325

Programa da Cigás promove a disseminação da cultura do gás natural

Promover a interação com a comunidade acadêmica para troca de informações sobre o mercado de gás natural, as soluções energéticas promovidas a partir deste combustível e processos internos adotados pela Cigás, em diversas áreas para ampliar o nível de qualidade de seu serviço, é o objetivo do Programa Redes. A iniciativa está completando 10 anos de implantação e já proporcionou ações em parceria com diferentes instituições de ensino superior do estado.

O programa consiste na realização de visitas técnicas com a participação de alunos e professores das instituições de ensino superior; de palestras com especialistas da Companhia e atividades dinâmicas; e visita guiada ao Centro de Controle Operacional (CCO) da Companhia, responsável pelo monitoramento permanente da rede de distribuição de gás natural (RDGN).

O programa é executado pela Coordenadoria de Comunicação Institucional (Cicom) em parceria com o Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC).

“Desde sua criação, o ‘Redes’ tem sido uma ponte entre a Companhia e instituições do ensino superior, propiciando compartilhamento de conhecimento e de boas práticas, bem como a contribuição para o desenvolvimento intelectual de acadêmicos em preparação ao mercado de trabalho”, afirma o diretor-presidente da Cigás, René Levy Aguiar

o longo desses anos, o programa contou com a participação de instituições de ensino superior, como Centro Universitário Fametro, a Universidade Nilton Lins, Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e o Centro Universitário do Norte (Uninorte).

Supervisora de Metrologia e Controle da Companhia, a engenheira de petróleo e gás, Edilaine Taciane Brandão, que há cinco anos contribui com o programa, comenta que o mercado de gás natural local ainda é relativamente recente, com muitos mitos e dúvidas envolvidas. E por meio do programa, é possível apresentar a cultura do gás natural, levar conhecimento sobre a área, esclarecer sobre o serviço de distribuição, destacando todos os procedimentos de segurança adotados na operação. “Sem dúvida, tem sido muito importante o programa Redes para a Companhia”, frisa.

o longo desses anos, o programa contou com a participação de instituições de ensino superior, como Centro Universitário Fametro, a Universidade Nilton Lins, Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e o Centro Universitário do Norte (Uninorte).

Supervisora de Metrologia e Controle da Companhia, a engenheira de petróleo e gás, Edilaine Taciane Brandão, que há cinco anos contribui com o programa, comenta que o mercado de gás natural local ainda é relativamente recente, com muitos mitos e dúvidas envolvidas. E por meio do programa, é possível apresentar a cultura do gás natural, levar conhecimento sobre a área, esclarecer sobre o serviço de distribuição, destacando todos os procedimentos de segurança adotados na operação. “Sem dúvida, tem sido muito importante o programa Redes para a Companhia”, frisa.

Retomada das atividades

Por conta da pandemia, as visitas ficaram suspensas por um longo período e foram retomadas recentemente, com a participação de alunos dos cursos de Contabilidade, Recursos Humanos e Marketing da Fametro.

Uma das participantes foi a acadêmica de Recursos Humanos da Fametro, Samara Froes, que ficou muito satisfeita com o resultado da visita. Ela falou sobre a preocupação da concessionária com a qualidade do serviço prestado ao cliente, com o ambiente de trabalho e a preservação ambiental. E ressaltou, ainda, que através do programa Redes adquiriu o conhecimento de um mundo totalmente diferente, que é o mercado de gás natural.

Outra acadêmica do mesmo curso, Ana Beatriz Almeida, pontuou a importância da interação da Cigás com a comunidade acadêmica, ajudando em vários aspectos, principalmente na preparação para o mercado de trabalho. A professora da instituição, Rainah Souza, explicou que a Fametro está com um projeto de tirar os alunos de dentro da sala de aula, com intuito de aproximá-los da prática e o programa Redes possibilita essa interação.

Como participar

Interessados em participar podem enviar as solicitação para a Cigás, por meio do e-mail comunicacao@cigas-am.com.br, informando a Companhia sobre o curso, quantidade de participantes e  objetivo do grupo.

As visitas pelo programa podem ser realizadas de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, de acordo com a disponibilidade da Companhia. Um roteiro especial é produzido a fim de buscar atender às demandas específicas de cada grupo de alunos.

Nos primeiros anos, grande parcela dos participantes do “Redes” era oriunda de cursos tecnológicos, principalmente, das Engenharias. Contudo, com o passar dos anos, discentes e docentes de outras áreas passaram a buscar o programa com o intuito de conhecer boas práticas adotadas pela Cigás em suas áreas de interesse, entre as quais, Recursos Humanos, Marketing, entre outras. “Desde sua criação, o ‘Redes’ tem sido uma ponte entre a Companhia e instituições do ensino superior, propiciando compartilhamento de conhecimento e de boas práticas, bem como a contribuição para o desenvolvimento intelectual de acadêmicos em preparação ao mercado de trabalho”, afirma o diretor-presidente da Cigás, René Levy Aguiar. Ao longo desses anos, o programa contou com a participação de instituições de ensino superior, como Centro Universitário Fametro, a Universidade Nilton Lins, Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e o Centro Universitário do Norte (Uninorte). Supervisora de Metrologia e Controle da Companhia, a engenheira de petróleo e gás, Edilaine Taciane Brandão, que há cinco anos contribui com o programa, comenta que o mercado de gás natural local ainda é relativamente recente, com muitos mitos e dúvidas envolvidas. E por meio do programa, é possível apresentar a cultura do gás natural, levar conhecimento sobre a área, esclarecer sobre o serviço de distribuição, destacando todos os procedimentos de segurança adotados na operação. “Sem dúvida, tem sido muito importante o programa Redes para a Companhia”, frisa.Leia mais

Fonte: Cigás / Comunicação

Related Posts