Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3995-4325

Petróleo amplia perdas da semana passada

Os preços do petróleo operaram em forte queda nas operações eletrônicas ocorridas na segunda-feira (28) — apesar dos feriados nos Estados Unidos, do Memorial Day, e, no Reino Unido, do feriado bancário da Primavera —, ainda reagindo à indicação de que grandes produtores, como Rússia e Arábia Saudita, tendem a afrouxar os controles que haviam resultado, desde o início do ano passado, em restrição da oferta global.

Os contratos do Brent para agosto apontaram baixa de 1,48%, a US$ 75,34 por barril, enquanto os do WTI para julho cederam 2,08%, a US$ 66,47 por barril.

Além da perspectiva de redução da oferta da Opep e de outros produtores, há sinais de que a produção de xisto nos EUA segue em expansão. Na tarde de sexta-feira (25), a Baker Hughes divulgou que o número de sondas de exploração em atividade nos EUA voltou a crescer na semana passada, subindo em 15 unidades, a 859, e anotando a maior alta desde a semana encerrada em 9 de fevereiro.

Na sexta-feira, o WTI caiu 4%, enquanto o Brent recuou 3%, depois que o ministro de Energia da Arábia Saudita, Khalid al-Falih, deu sinais de que os cortes de produção podem ser flexibilizados em breve.

 

Fonte: Valor Online

Related Posts