Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3995-4325

Suspensão da venda da TAG deve afetar caixa da Petrobras no 2º tri

A suspensão da venda da Transportadora Associada de Gás (TAG), por decisão liminar do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), deve ter efeitos imediatos sobre o balanço do segundo trimestre da Petrobras.

Maior desinvestimento da estatal, a TAG foi vendida para a Engie e o fundo canadense CDPQ, por US$ 8,6 bilhões, incluindo o pagamento das dívidas da TAG perante o BNDES de US$ 800 milhões.

O valor está previsto para ser pago na data do fechamento da operação. A expectativa era que os recursos entrassem no caixa da petroleira até o mês que vem.

Este não é o primeiro revés da venda da TAG no Supremo. Em junho do ano passado, uma liminar do ministro Ricardo Lewandowski suspendeu a venda de estatais e suas subsidiárias sem aval prévio do Legislativo. A decisão afetou diretamente o cronograma de venda da transportadora.

A estatal teve de paralisar as negociações durante todo o segundo semestre do ano passado. A liminar só foi revertida em janeiro deste ano.

 

Fonte: Valor Online

Related Posts