Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3995-4325

Petróleo fecha em queda e amplia perdas acumuladas em agosto

Os contratos futuros de petróleo fecharam a sessão desta sexta-feira (30) em queda, ampliando as perdas acumuladas no mês. Reportagens divulgadas hoje apontaram que o ministro da Energia da Rússia, Alexander Novak, afirmou que os cortes na produção de petróleo da Rússia, em agosto, serão um pouco menores do que os anteriormente acordados entre produtores da Opep)e aliados, o que contribuiu para a queda nos preços. Os futuros do Brent para outubro terminaram a sessão em queda de 1,06%, aos US$ 60,43 o barril, na ICE, em Londres, enquanto os contratos futuros do West Texas Intermediate (WTI) encerraram a sessão em queda de 2,83%, negociados a US$ 55,10 o barril, na Bolsa de Mercadorias de Nova York (Nymex). As referências do petróleo tiveram ganhos na semana, mas acumularam perdas extensas no mês. No acumulado semanal, as referências global (Brent) e americana (WTI) subiram 1,83% e 1,71%, respectivamente. Já no mês de agosto, o Brent caiu 7,27% e o WTI recuou 5,94%.

Fonte: Valor Online

Notícias relacionadas