Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3970-1001/3970-1008

Empresa que explora gás natural viu ações subirem 12%, apesar de avalanche no mercado norte-americano

Mesmo com a forte desidratação dos mercados no mundo – incluindo o norte-americano, que chegou a abrir o pregão em queda de 7% –, as ações da Cabot Oil & Gas subiram 12% na manhã desta segunda-feira (09).

Segundo a CNN, as ações da empresa de exploração de gás natural lideraram o S&P 500 com os melhores papéis do mercado americano.

O cenário é no mínimo estranho, dado que o mercado petrolífero no mundo está em pânico após uma negociação fracassada envolvendo a Opep, liderada pela Arábia Saudita, e seus sócios, representados pela Rússia.

A ideia era fechar um acordo para reduzir a produção de petróleo – afetada pelo avanço do coronavírus no mundo – e manter a oferta de preços. A Rússia, segunda maior produtora mundial, se negou a uma nova redução coletiva dos 23 países, de 1,5 milhão de barris/dia.

A reação imediata dos sauditas foi de cortes nos preços, variando entre 4 e 7 dólares por barril a depender do destino da commoditie. O movimento fez com que a cotação do petróleo despencasse em 30% e isso desencadeou uma manhã de avalanches no mercado global.

Agora, em tese, a produção de petróleo será menos lucrativa para as empresas de energia, sobretudo às empresas americanas, que tenderão a reduzir o processo de fraturamento hidráulico, responsável pela extração do mineral.

Segundo a CNN, menos fraturamento significa menos gás, o que poderia reduzir o excesso de gás natural que pesa nos preços. Sendo assim, preços mais altos do gás natural, significam mais lucro para empresas como a Cabot Oil & Gas.

 

Fonte: IstoÉ Dinheiro

Notícias relacionadas