Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3970-1001/3970-1008

Petróleo recua após redução das projeções do DoE para preço da commodity

O petróleo fechou em queda, devolvendo os ganhos vistos mais cedo, depois que o Departamento de Energia dos Estados Unidos (DoE) rebaixou as projeções de preço para o petróleo para este ano e o próximo.

O contrato do petróleo Brent para junho fechou em queda de 3,57%, a US$ 31,87 por barril, na ICE, em Londres, enquanto o do WTI para maio recuou 9,39%, a US$ 23,63 por barril, na Bolsa de Mercadorias de Nova York.

O DoE revisou a sua projeção para o WTI a US$ 29,34 por barril neste ano, bem abaixo da sua projeção de março. Já a projeção para o Brent foi reduzida a US$ 33,04 por barril. Amanhã, o DoE divulga os dados oficiais de estoques de petróleo dos EUA para a semana passada.

Os investidores aguardam, agora, mais notícias sobre a reunião dos países do G20, que se preparam para uma teleconferência na sexta-feira (10) para elaborar um plano para recuperar o equilíbrio do mercado.

A reunião do G20 marcaria uma ruptura com a história — o Grupo das 20 principais nações nunca se reuniu apenas para discutir energia. A reunião do G20 seguirá uma reunião da Opep + agendada para quinta-feira (09), na qual os participantes considerarão se devem cortar a produção.

Qualquer acordo, no entanto, terá que ir além da Opep, já que o cartel controla apenas cerca de um terço da produção global da commodity.

“Os produtores estão ansiosos para chegar a um acordo. Porém, apenas porque é do interesse deles, isso não significa que isso aconteça e pode depender se Donald Trump conseguirá cortes no setor de xisto. Os traders parecem surpreendentemente otimistas”, afirmou o analista sênior de mercados da corretora Oanda, Craig Erlam.

Fonte: Valor Online

Notícias relacionadas