Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3995-4325

Cigás investiu mais de meio bilhão em infraestrutura no Amazonas

Até maio de 2020, a Cigás investiu mais de meio bilhão de reais, em valor presente, no serviço público de distribuição do gás natural no Amazonas. Foram 137 quilômetros de rede de distribuição construídos no período para o atendimento a 3,2 mil unidades consumidoras do combustível. Somente nos últimos dois anos, foram investidos cerca de R$ 36,3 milhões nessa infraestrutura.

A Cigás iniciou as operações comerciais em dezembro de 2010, atendendo progressivamente diferentes usuários. Além do parque termoelétrico, onde 60% da energia elétrica consumida em Manaus é gerada em sete usinas termelétricas a partir deste insumo, atualmente a Companhia atende 56 fábricas do Polo Industrial de Manaus, bem como 132 estabelecimentos comerciais e mais de 3 mil residências localizadas nas zonas centro-sul e oeste da capital. A prestação dos serviços também abrange os municípios de Anamã, Anori, Caapiranga, Coari e Codajás.

Esse investimento na implantação de infraestrutura e da capilarização da rede faz parte da estratégia do Governo do Amazonas, por meio da Cigás, na busca pela universalização dos serviços e da isonomia entre os usuários, para que o gás natural beneficie de forma ampla e diversa à toda sociedade amazonense. Ao longo de quase uma década, a cadeia do gás natural arrecadou aos cofres públicos do Amazonas cerca de R$ 3,2 bilhões de ICMS.

Em Manaus, o gás natural está presente no Conjunto Vieiralves e nos bairros Adrianópolis, Parque das Laranjeiras e Parque Dez, enquanto Dom Pedro e Ponta Negra recebem obras para a chegada do combustível. O diretor-presidente da Companhia, René Levy Aguiar, ressalta que os benefícios do gás natural são cada vez mais nítidos à população. “O gás já está nos principais shoppings de Manaus, em diferentes tipos de comércios, milhares de residências, dezenas de indústrias e usinas termelétricas. Tudo graças a um trabalho comprometido com a população e mantendo uma tarifa altamente competitiva”, declarou.

Até 2024, a Cigás pretende atender mais de 17 mil unidades consumidoras, ampliando para R$ 700 milhões o investimento na infraestrutura. Até lá, a Companhia estima que a cadeia do gás natural arrecade R$ 5,8 bilhões ao Estado.

Fonte: Cigás / Comunicação

Related Posts