Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3995-4325

Petróleo fecha em alta com divulgação de dados positivos na China

Os contratos futuros do petróleo fecharam em alta nesta terça-feira (13), impulsionados pela divulgação de dados positivos da China que alimentaram a esperança de uma retomada mais rápida da demanda global pela commodity.

O contrato do petróleo Brent para dezembro fechou em alta de 1,74%, a US$ 42,45 por barril, na ICE, em Londres, enquanto o contrato do WTI para novembro avançou 1,95%, a US$ 40,20 por barril, na Bolsa de Mercadorias de Nova York.

Os dados oficiais mostraram que as exportações do país cresceram em um ritmo mais rápido em setembro do que no mês anterior, um aumento de 9,9% em relação ao ano anterior. As importações aumentaram 13,2% em relação ao ano anterior, ante queda de 2,1% em agosto.

Autoridades de energia da Arábia Saudita disseram também que a demanda por petróleo pode se recuperar completamente já em 2022, o que, somado aos dados chineses, mais do que compensou os temores com a retomada da produção no Golfo do México, após a passagem do furacão Delta pela região.

Os contratos voltaram a anotar ganhos, com a referência americana do petróleo, o WTI, retomando o nível dos US$ 40, após recuar mais de 4% nas duas sessões anteriores.

“A Agência Internacional de Energia (IEA, na sigla em inglês) também está otimista sobre a recuperação da pandemia, com a entidade, agora, vendo a recuperação da economia global no próximo ano, embora sua avaliação de longo prazo para a demanda de petróleo fosse desanimadora, em linha com outras”, disse, em nota a clientes, o analista da Oanda, Craig Erlam. No entanto, “isso não muda o fato de que os riscos de curto prazo estão inclinados para o lado negativo”, acrescentou.

 

Fonte: Valor Online

Related Posts