Av. Ataulfo de Paiva, 245 - 6º andar - Salas 601 a 605 – Leblon/RJ – CEP: 22440-032
+55 21 3995-4325

CNT pede redução da mistura do biodiesel para baratear diesel e produtores criticam

A CNT pediu a redução da mistura do biodiesel no diesel, medida que, para a entidade, reduziria o custo do combustível para os caminhoneiros. A CNT pede um corte pela metade da mistura atual e sugere inclusive a “possibilidade de esse nível ser zerado por determinado período”. A mistura de biodiesel no diesel passou a 13% a partir deste mês; nos últimos 12 meses, ela tinha sido de 12%. Conforme plano do governo de incentivo ao biodiesel, o percentual de mistura será ampliado em 1 ponto percentual ao ano até chegar a 15%, em 2023. A CNT afirma que o biodiesel representa atualmente 12,1% do preço final do diesel S10 vendido nos postos, já incluindo frete e tributos, fazendo com que, de R$ 2,959 por litro de diesel vendido, R$ 0,612 correspondam ao biocombustível. Em uma projeção, a confederação afirma que, se a mistura caísse a 6%, o preço do diesel iria a R$ 2,858 o litro, uma queda de 4,8% em relação ao patamar atual. Sem biodiesel, o preço final cairia 8,8%, a R$ 2,697 o litro, estima a CNT.

 

Fonte: Valor Online

Related Posts