Av. Ataulfo de Paiva, 245 - 6º andar - Salas 601 a 605 – Leblon/RJ – CEP: 22440-032
+55 21 3995-4325

Petróleo fecha sem direção única, com oferta e atividade econômica no radar; gás recua

Os preços de referência do petróleo nos Estados Unidos, o WTI, conseguiram terminar em ligeira alta nesta quinta-feira (28), em meio ao dólar mais fraco após o dado do PIB do país vir abaixo do esperado no trimestre passado. Já o petróleo tipo Brent, a referência global, fechou em leve baixa, com os investidores monitorando as negociações com o Irã sobre o acordo nuclear.

Ao final da sessão regular, em Nova York, o contrato futuro do petróleo WTI fechou em alta de 0,2%, a US$ 82,81 por barril. Na ICE, o contrato mais líquido do Brent, referente a janeiro, teve queda de 0,2%, a US$ 82,56. Já o contrato do Brent com vencimento em dezembro caiu 0,3%, a US$ 84,32.

Enquanto a commodity referência global continuou reagindo às negociações entre o Irã e as potências mundiais para restaurar o acordo nuclear de 2015, o WTI reagiu ao crescimento econômico mais fraco dos EUA desde o início da recuperação na pandemia, em meados de 2020.

Gás natural

Já os futuros de gás natural negociados dos dois lados do Atlântico fecharam com forte queda, pressionados por expectativa de maior oferta.

Nos Estados Unidos, o aumento dos estoques na semana terminada na última sexta (22) ficou ligeiramente acima do esperado pelo mercado, gradualmente reduzindo o temor de que haverá problemas de escassez no inverno.

Na Europa, a afirmação do presidente da Rússia, Vladimir Putin, de que vai liberar a Gazprom para exportar gás para a Europa também arrefeceu os temores de um inverno com escassez de combustível usado para o aquecimento no continente.

Na bolsa de mercadorias de Nova York, a Nymex, o contrato de gás natural com vencimento em dezembro caiu 6,7% para US$ 5,782 por milhão de unidades térmicas britânicas.

Em Londres, na Ice Futures, o contrato de novembro fechou em queda de 12,44% a 1,92 libras por 100 mil unidades térmicas britânicas, diante do compromisso assumido por Putin.

 

Fonte: Valor Online

Related Posts