Av. Ataulfo de Paiva, 245 - 6º andar - Salas 601 a 605 – Leblon/RJ – CEP: 22440-032
+55 21 3995-4325

Gás natural fecha em alta na Europa e recua nos EUA

Os preços do gás natural fecharam em alta expressiva nesta segunda-feira (29) na Europa num movimento parcial de recuperação depois da forte queda da última sexta-feira (26). A valorização registrada hoje não foi suficiente, contudo, para anular as perdas da semana passada.

Os preços de gás TFF praticados na Holanda e referência para o mercado europeu fecharam em forte alta. O preço do contrato de dezembro subiu 8%, a 94,80 euros por megawatt-hora, e janeiro subiu 7,65%, a 94,86 euros por megawatt-hora. Na Ice futures, em Londres, dezembro subiu 6,30% a 2,36 libras por 100 mil unidades térmicas britânicas. Janeiro subiu 5,7% a 2,40 libras. Em um mês, os preços do gás natural na Europa subiram cerca de 40%, atingindo uma alta de 90% em três meses.

Nos Estados Unidos, os preços do gás caíram mais de 10%, à medida que o futuro de janeiro tenta encontrar um patamar depois do vencimento de dezembro na sexta-feira (26).

A pressão vem de previsões de temperaturas mais amenas que o esperado para o inverno, o que deve se reverter em uso menor de gás e de estoques menos apertados.

Segundo a Bespoke Weather Services, as temperaturas no território americano serão bem mais quentes que o normal, durante esta semana. Se as temperaturas permanecerem mais amenas, a expectativa é de que o contrato futuro para janeiro, negociado na Nymex, se ajuste no patamar de US$ 4,50 por milhão de unidades térmicas britânicas. Nesta segunda (29), janeiro caiu 11,37%, a US$ 4,85.

 

Fonte: Valor Online

Related Posts