Av. Ataulfo de Paiva, 245 - 6º andar - Salas 601 a 605 – Leblon/RJ – CEP: 22440-032
+55 21 3995-4325

Copa Energia faz acordo com UFMS para estudos sobre geração de energia com gás de cozinha

A Copa Energia fechou um acordo com a UFMS para investimentos que podem chegar a R$ 2 milhões em dois projetos de geração de energia a partir do GLP, o “gás de cozinha”.

O objetivo é conduzir experimentos e estudos científicos sobre diferentes usos do GLP. A companhia vai instalar reservatórios com capacidade para armazenamento de até 4 toneladas de GLP na universidade, além de oferecer bolsas de estudos e iniciação científica a equipes multidisciplinares compostas por doutores, mestres e graduandos.

Um dos projetos vai avaliar a eficiência de um motor gerador alimentado por GLP no fornecimento de energia para a universidade. O experimento vai testar a injeção da energia gerada diretamente na rede de distribuição, assim como o uso da energia fora da rede, no modelo de um gerador.

Outro projeto vai avaliar o potencial de uso do GLP no agronegócio. O estudo vai analisar o uso da fonte na piscicultura. De acordo com o coordenador de novas tecnologias da Copa Energia, Leonardo Silva, a companhia quer apresentar a fonte a micros, pequenos e médios produtores como uma alternativa energética de fácil acesso e baixo custo.

“A ideia é usar o GLP como fonte de energia mais estável, que chega em locais onde a energia elétrica não garante fornecimento contínuo, e evitar a perda da produção desses produtores”, explicou.

A Copa Energia controla as distribuidoras de GLP Liquigás e Copagaz. A parceria com a universidade foi aprovada pela ANP e terá duração de 12 meses.

Em fevereiro, a companhia havia fechado um acordo de cooperação com a USP para desenvolver um projeto de “gás de cozinha sustentável”, o BioGLP, obtido a partir do tratamento de fontes renováveis, como o lixo, o bagaço da cana de açúcar ou o óleo vegetal.

 

Fonte: Valor Online

Related Posts