Av. Ataulfo de Paiva, 245 - 6º andar - Salas 601 a 605 – Leblon/RJ – CEP: 22440-032
+55 21 3995-4325

Gasmig realiza evento de lançamento do Projeto Centro-Oeste

 

Nesta segunda (04), a Gasmig realizou no Centro de Operação Logística Centro Oeste, em Juatuba, o evento de lançamento do Projeto Centro Oeste.

Com um investimento de R$800 milhões, o Sistema de Distribuição de Gás Natural (SDGN) da Gasmig tem potencial para gerar mais de 15 mil novos postos de trabalho diretos e indiretos em Minas.

A Região Oeste de Minas abriga um importante polo industrial, mas ainda não possuía uma infraestrutura de distribuição de gás natural, combustível conhecido pela baixa emissão de poluentes.

O projeto em números

O Gasoduto Centro-Oeste é o maior projeto de expansão no segmento desde 2010. Sua construção vai permitir um aumento de cerca de 300 km em extensão em linhas do sistema, um acréscimo superior a 23% da malha atual da companhia. O potencial de consumo do projeto é em torno de 230 mil m³/dia, com captação estimada em 1.000 novos clientes industriais e comerciais.

Os oito municípios que serão beneficiados (Betim, Divinópolis, Igarapé, Itaúna, Juatuba, Mateus Leme, São Joaquim de Bicas e Sarzedo), respondem por 10% do PIB industrial e 7% do PIB total de Minas Gerais e aproximadamente 1 milhão de habitantes, ou 5% da população do Estado.

“Hoje, com um número de 150 empregados do quadro próprio e de aproximadamente 100 terceirizados, atendemos a quase 100 mil clientes dos segmentos industrial, comercial, residencial e veicular”, explica o presidente da Gasmig, Gilberto Valle.

Desenvolvimento

A chegada do gás natural às oito cidades representa um grande potencial de geração de riquezas para a economia mineira. Isso devido à importância das indústrias locais, principalmente, em áreas como metalurgia e siderurgia, o que deve contribuir significativamente para elevar o consumo do combustível na região.

“Queremos expandir e, por isso, depois de mais de uma década, retomamos os grandes investimentos. Nossa média, neste período passado, era da ordem de R$ 60 milhões por ano. Já no ano passado, investimos R$ 300 milhões. E serão mais de R$1,0 bilhão até 2026 e R$ 5,3 bilhões nos próximos dez anos”, detalha o presidente da Gasmig.

Autoridades

Estiveram presentes à solenidade o presidente da Gasmig, Gilberto Valle, o governador de Minas Gerais, Romeu Zema, Fernando Passalio, Secretário de Desenvolvimento, do presidente da Cemig, Reynaldo Passanezi, além de prefeitos e vereadores da região, bem como deputados estaduais e colaboradores da Gasmig.

Fonte: Gasmig / Comunicação

Related Posts