Av. Ataulfo de Paiva, 245 - 6º andar - Salas 601 a 605 – Leblon/RJ – CEP: 22440-032
+55 21 3995-4325

MSGÁS: Técnicos reforçam alerta à população para período seco

No encerramento da Semana do Meio Ambiente da MSGÁS, promovido pela Gerência de Segurança e Meio Ambiente (GESMA), técnicos da Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Semadesc) ministraram palestras para os colaboradores, destacando a importância da conscientização da população para enfrentar o período seco no Estado e as ações e desafios da pauta ambiental. O evento contou com a participação de Ana Cristina Trevelin, coordenadora de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, e Valesca Fernandes, meteorologista e coordenadora do Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima de MS.

Valesca Fernandes detalhou cada passo e a rotina do trabalho do Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima (Cemtec), enfatizando a importância das medições e prognósticos diários para auxiliar órgãos públicos e entidades privadas e orientação da comunidade do Estado com previsão do tempo. “São serviços prestados à iniciativa privada, produtores rurais, administração municipal e população de Mato Grosso do Sul, permitindo melhor planejamento e mitigação dos efeitos do clima”.

A meteorologista voltou a reforçar o que parece ter virado mantra na Semadesc: com chuvas abaixo da média histórica e nenhuma nuvem à vista nos próximos dois meses (literalmente) e previsão de frio seco, as recomendações são: Beber bastante água para evitar desidratação, que é comum durante períodos de seca prolongada; não atear fogo em matagal para limpeza de terrenos baldios para evitar incêndios que podem se espalhar para residências, estabelecimentos comerciais, escolas, entre outras edificações; e cuidar da alimentação, consumindo alimentos leves e frescos, como frutas e vegetais que ajudam a manter o corpo hidratado.

Ana Cristina Trevelin apresentou balanço abrangente do trabalho voltado ao atendimento das demandas ambientais dos municípios, observando que embora cada caso exige uma avaliação específica, o corpo técnico da Semadesc vem cumprindo papel importante na tarefa de apoiar e auxiliar na mitigação das demandas ambientais.

Ela ressaltou que a política do municipalismo adotado pelo Estado vem produzindo resultados significativos também nas questões ambientais em benefício da população sul-mato-grossense. “Casos como o de Ribas do Rio Pardo e Bonito, onde os impactos ambientais localizados surgiram devido a empreendimentos industriais e em consequência do grande fluxo de turistas a cada feriadão, respectivamente. Nessas duas situações, como exemplo, o grande movimento de pessoas resulta em aumento significativo na produção de resíduos impactando diretamente o meio ambiente”, desta Trevelin.

As ações e programas da Semadesc, discutidos durante as palestras, reforçam o compromisso da secretaria com a proteção ambiental e o bem-estar da população, especialmente durante períodos críticos como ocorre neste outono e inverno (21 de junho). A colaboração entre o Estado e os municípios têm se mostrado fundamental para enfrentar os desafios ambientais e promover o desenvolvimento sustentável em Mato Grosso do Sul. “Com essas parcerias estamos elaborando o “Mapa das Ações Ambientais dos Municípios de MS”, um estudo que apontará quais medidas vamos tomar em conjunta para mitigar passivos ambientais”.

Fonte: MSGÁS / Comunicação

Related Posts