Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3970-1001/3970-1008

Petróleo fecha estável após Brent ultrapassar US$ 80 na máxima do dia

Os preços do petróleo fecharam estáveis na quinta-feira (17), depois de o barril do Brent ter ultrapassado, momentaneamente, o patamar de US$ 80.

“O vencimento do contrato do WTI alimentou a volatilidade hoje e, quando as bolsas americanas passaram a cair, a commodity devolveu os ganhos registrados mais cedo”, disse Phil Flyinn, analista-sênior de mercado da Price Futures Group.

Javier Blas, principal correspondente de energia da “Bloomberg News”, também afirmou nesta quinta pelo Twitter que os ministros de energia da Arábia Saudita e dos Emirados Árabes Unidos conversaram por telefone, culpando a recente volatilidade por ansiedade com eventos geopolíticos, apesar da “disponibilidade de ampla oferta”.

O mercado, no entanto, prevê uma redução da oferta da commodity com a readoção de sanções dos Estados Unidos ao Irã, e enxerga nesse movimento um fator significativo para influenciar os preços.

“Podemos ter visto um pouco de realização de lucros”, disse Eugene McGillian, gerente de pesquisa da Tradition Energy, acrescentando que o dólar forte pode ter afetado a alta do petróleo. O petróleo e o dólar geralmente se movem em direções opostas, uma vez que um dólar mais forte torna o petróleo mais caro para os compradores que usam moedas estrangeiras.

O ICE Dollar Index, que mede a variação do dólar ante uma cesta de seis moedas, subia 0,10%, a 93,48, no meio da tarde desta quinta.

Os contratos do Brent para julho subiram 2 centavos de dólar, a US$ 79,30 por barril, na ICE, em Londres, de uma máxima intradia de US$ 80,50. Já o WTI ficou inalterado a US$ 71,49 por barril, na Bolsa de Mercadorias de Nova York (Nymex).

 

Fonte: Valor Online

Notícias relacionadas