Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3970-1001/3970-1008

Pernambuco: Desabastecimento aumenta demanda por instalação de gás natural veicular

O desabastecimento de combustíveis provocado pela paralisação dos caminhoneiros autônomos gerou um crescimento na busca pela instalação de kits de gás natural veicular (GNV) em carros.

Em muitos postos, enquanto faltava gasolina, álcool e diesel, apenas motoristas de veículos com o gás conseguiam abastecer. Segundo a Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás), este é o mais limpo dos combustíveis fósseis e o mais barato disponível no mercado.

A economia pode chegar a até 65% sobre o valor do litro da gasolina, de acordo com a Abegás. No Grande Recife, a demanda pela instalação dos kits chamou a atenção dos gerentes de lojas especializadas, como Cibele Araújo, de uma loja de Olinda. “O aumento da procura foi em torno de 50%. Não deu para atender todo mundo, mas estamos fazendo o possível para atender”, afirma.

Para realizar a adaptação, é preciso realizar uma vistoria prévia do veículo no Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE). “Essa vistoria precisa ser agendada e acaba gerando um pouco de atraso na conversão. O prazo é geralmente de uma semana”, explica Cibele.

Após a instalação do kit, o órgão de trânsito orienta os motoristas a solicitar um certificado de segurança veicular (CSV) emitido por unidades credenciadas. O passo seguinte é uma nova vistoria do Detran-PE, que também precisa ser agendada.

Estoque

A gerente espera a chegada de reforço no estoque para conseguir atender a demanda. “A esperança é que o estoque chegue, pois está no limite. Já havia sido solicitado antes da greve e até agora não chegou. Muita gente que está procurando deixa o equipamento pago e reservado”, relata Cibele.

O chefe da oficina, Tiago Batinga, conta que serviços menores estão sendo adiados porque não há espaço para atender todos os clientes. “A procura foi inesperada e aconteceu que a demanda foi muito grande. Precisamos contratar bastante mão de obra para poder suprir. A demanda está tão grande que estamos precisando comprar mais kits para instalar”, disse.

Economia

O costureiro Vicente Souza foi um dos que buscaram a conversão do carro para GNV. “Eu já queria passar o carro pra gás e a crise me motivou mais ainda a adquirir esse produto. O preço está acessível e com o decorrer do tempo você tira o dinheiro da gasolina”, destaca.

Vicente acrescenta que os valores da economia. “O pessoal da loja me explicou aqui como fazer e quanto posso economizar. Uma viagem em que você gastaria 300 ou 400 reais consegue economizar até 70 reais”, finaliza.

 

Fonte: Folha de Pernambuco

Notícias relacionadas