Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3995-4325

Petróleo fecha em alta forte após sinalização de diminuição da oferta

Os preços do petróleo fecharam com fortes ganhos nesta segunda-feira (3), impulsionados pela sinalização, no fim de semana, de que a Arábia Saudita e a Rússia seguem em vias de firmar um acordo para corte da oferta da commodity na próxima reunião da Opep, entre os dias 6 e 7 de dezembro.

Os contratos do WTI para janeiro fecharam em alta de 3,94%, a US$ 52,95 o barril na Bolsa de Mercadorias de Nova York, enquanto o petróleo Brent para fevereiro encerrou a sessão em alta de 3,75%, a US$ 61,69 o barril na ICE, em Londres.

O presidente russo, Vladimir Putin, e o príncipe saudita Mohammad Bin Salman se encontraram neste fim de semana, à margem da reunião do G-20 em Buenos Aires. O encontro entre os dois líderes dos principais países produtores da Opep foi suficiente para acalmar os investidores nesta segunda.

“O mercado está agora precificando um corte de produção” entre 1 milhão e 1,5 milhão de barris diários e de seus aliados, incluindo a Rússia, disse Ole Hansen, chefe de estratégia de commodities do Saxo Bank. Putin disse no final de semana, no entanto, que “não há decisão final sobre os volumes”.

Em outro desdobramento positivo ocorrido durante o G-20, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assumiu o compromisso de não elevar, de 10% para 25%, tarifas sobre US$ 200 bilhões em importações da China a partir de 1º de janeiro, o que contribui para um rali global nos ativos de risco nesta abertura de semana.

 

Fonte: Valor Online

Related Posts

Leave a reply

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.