Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3995-4325

Consumo de energia cresce 1,3% em novembro

Norte é o único submercado que apresenta queda de consumo no mês e no acumulado do ano, segundo EPE

O consumo de energia elétrica cresceu 1,3% em novembro deste ano frente ao mesmo mês do ano passado, ao atingir 40.318 GWh contra 39.800 GWh. No acumulado do ano, a alta foi de 1,1%, com consumo de 432.473 GWh frente a 427.584 GWh de janeiro a novembro de 2017. Já nos últimos 12 meses encerrados em novembro, a elevação foi de 1,2%, de 466.339 GWh para 472.048 GWh. Os dados foram divulgados pela EPE na quinta-feira (27/12).

Entre os submercados do país, o Norte foi o único que apresentou queda de consumo, de 8,1% em novembro deste ano, em comparação com o igual mês do ano passado, de 3.012 GWh para 2.768 GWh. No acumulado de 2018, a retração foi de 5%, de 31.855 GWh para 30.270 GWh, e nos 12 meses encerrados em novembro, a queda foi de 4,4%, de 33.257 GWh contra 34.803 GWh dos 12 meses anteriores.

Por outro lado, no Nordeste, houve elevação de 5,5% quando se compara o penúltimo mês deste ano com o penúltimo mês de 2017, tendo o consumo passado de 6.270 GWh para 6.618 GWh. No acumulado, porém, se manteve um pouco abaixo da média nacional, com elevação de 1,5%, ao passar de 66.535 GWh para 67.531 GWh. Já no acumulado dos últimos 12 meses, findos em novembro, a alta observada é de 1,4%, ao passar de 72.908 GWh para 73.805 GWh.

No principal submercado consumidor, o Sudeste/Centro-Oeste, o desempenho foi similar ao nacional. Em novembro, o crescimento registrado chegou a 0,9%, ao passar de 23.323 GWh para 23.522 GWh. No acumulado de 2018, a variação positiva observada é de 1,7%, ao sair de 248.681 GWh para 252.876 GWh. Quase o mesmo se dá no acumulado de 12 meses, findos em novembro, quando há aumento de 1,8%, ao sair de 271.027 GWh para 275.814 GWh. No submercado Sul, o consumo aumentou 3,1% em novembro, somando 7.145 GWh, contra 6.933 GWh em igual mês do ano anterior.

Segmentos

O segmento industrial registrou crescimento de 1,1% no consumo, ao chegar a 14.498 GWh contra 14.343 GWh do mesmo mês em 2017. O desempenho melhora quando se compara o acumulado de 2018: entre janeiro e novembro, foram consumidos pela indústria, 155.551 GWh contra 153.273 GWh do acumulado do ano anterior. Nos últimos 12 meses, o aumento foi de 1,7%, já que até novembro deste ano, o consumo foi de 169.673 GWh frente a 166.776 GWh dos 12 meses anteriores.

No segmento residencial, o consumo no penúltimo mês de 2018, atingiu 11.639 GWh contra 11.462 GWh em igual mês do ano passado, o que representa uma variação positiva de 1,5%. No acumulado de 2018, a elevação foi de 1,3%, ao passar de 122.927 GWh do ano passado, para 124.503 GWh neste ano. Para o período de 12 meses encerrado em novembro, a elevação registrada é de 1,2%, de 134.284 GWh para 135.944 GWh.

Já o comercial consumiu, em novembro, 7.603 GWh contra 7.491 GWh, uma alta de 1,5%, ao passo que o consumo do acumulado de 2018 passou de 80.673 GWh para 81.119 GWh, ligeira alta de 0,6%. Nos últimos 12 meses, o consumo chegou a 88.739 GWh contra 88.199 GWh, o que também representa uma elevação de 0,6%.

 

Fonte: Brasil Energia

Related Posts

Leave a reply

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.