Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3995-4325

Petróleo fecha em alta com queda na produção da Opep

Os preços do petróleo fecharam em alta na quarta-feira (10), com o impulso dado por quedas significativas na produção da Venezuela e da Arábia Saudita compensando o aumento acima do esperado nos estoques americanos da commodity.

O petróleo WTI para maio fechou em alta de 0,98%, a US$ 64,61 por barril na Bolsa de Mercadorias de Nova York, enquanto o petróleo Brent para junho encerrou em alta de 1,58%, a US$ 71,73 por barril na ICE, em Londres.

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) divulgou, hoje, um relatório indicando uma queda significativa da produção do bloco, de 534 mil barris diários, a 30,02 milhões de unidades, reforçando o comprometimento dos membros do cartel em manter os cortes acordados em dezembro.

A Arábia Saudita diminuiu a produção em 324 mil barris diários em março, a 9,8 milhões de unidades, enquanto a Venezuela, que é prejudicada por sanções dos Estados Unidos e problemas com fornecimento de energia elétrica, teve uma queda de 289 mil barris diários, a 732 mil. Após a divulgação, os preços do benchmark americano, o WTI, anotaram nova máxima de cinco meses, tocando os US$ 64,70 na máxima intradia.

Os ganhos foram contidos, no entanto, pelos dados de estoques da commodity nos EUA, que apontaram um aumento de 7,029 milhões de barris na semana passada, anotando a terceira semana consecutiva de altas e superando a expectativa, que era de alta de 2 milhões de barris. Os estoques de petróleo, por outro lado, caíram em 7,71 milhões de barris, enquanto a produção americana ficou estável em 12,2 milhões de barris diários.

 

Fonte: Valor Online

Related Posts