Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3995-4325

Petróleo fecha sem direção única com incertezas sobre oferta e demanda

Os preços do petróleo encerraram a sessão desta terça-feira (21) sem direção única, com incertezas relacionadas ao aumento de estoques nos Estados Unidos e às disputas comerciais entre americanos e chineses. Os preços do Brent para julho encerraram o dia em alta de 0,29% a US$ 72,18 o barril e os contratos do WTI para junho encerraram o dia em queda de 0,18%, a US$ 62,99 o barril.

As preocupações relacionadas à demanda, com uma possível desaceleração do crescimento global agravada pelas disputas comerciais entre as duas maiores economias do mundo, acabaram se impondo aos sinais de que a Opep e aliados, como a Rússia, poderão estender, ao fim do ano, os cortes de produção.

Analistas ouvidos pelo “Wall Street Journal” projetam que, na média, os estoques de petróleo devam apresentar um recuo de 1,4 milhão de barris, na semana encerrada em 17 de maio. O Departamento de Energia (DoE) divulga os estoques semanais de petróleo nesta quarta (22), às 11h30.

No entanto, analistas da Stratas Advisors observaram que os dados semanais de estoque de petróleo dos EUA desta semana podem manter a pressão sobre os preços da commodity, após o relatório da semana passada indicar que os estoques americanos de petróleo bruto estão no maior nível em 20 meses, de 472 milhões de barris.

“Para a semana, esperamos que o Brent esteja mais perto da faixa e da média de US$ 71 o barril, com notícias da Opep, preocupações com o aumento de estoques nos EUA e tensões comerciais contínuas com a China”, disseram os analistas da Stratas.

 

Fonte: Valor Online

Related Posts