Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3970-1001/3970-1008

Presidente da CEGÁS faz palestra na Fundação Getúlio Vargas

O presidente da Companhia de Gás do Ceará (CEGÁS), Hugo Figueirêdo, foi um dos palestrantes do seminário Atração de Investimentos – As reformas setoriais de gás natural e saneamento, ocorrido na sexta-feira passada, no Rio de Janeiro, na sede da Fundação Getúlio Vargas (FGV). O evento reuniu especialistas de várias áreas e foi organizado pelo Centro de Estudos em Regulação e Infraestrutura (CERI) da FGV e pelo grupo Economistas do Brasil.

Durante sua participação no painel Reforma do Gás Natural, Figueirêdo defendeu medidas para uma maior competitividade do gás natural, como o estímulo a múltiplos supridores de gás natural, a continuidade dos investimentos para ampliação da rede de transporte e distribuição, a manutenção da tarifa postal de transporte, e a regulamentação da figura do consumidor livre nos estados, atentando sempre para o respeito aos contratos de concessão vigentes.

O seminário foi organizado com o intuito de debater os entraves à liberalização do mercado e as iniciativas recentes para a promoção de um ambiente adequado, visando a retomada de investimentos e a modernização do arcabouço regulatório do setor.

O evento discutiu ainda a recente atualização da regulamentação da Lei do Gás, que trata do regime de contratação de capacidade de transporte para o modelo de entradas e saídas, além da articulação entre estados e União, a fim de promover o aperfeiçoamento das normas da indústria do gás natural e do consumidor livre.

O seminário teve a participação de representantes dos Ministérios das Minas e Energia, Economia, Desenvolvimento Regional, secretarias de fazenda estaduais, ANP(Agência Nacional do Petróleo), EPE (Empresa de Pesquisa Energética), ANA(Agência Nacional de Águas), Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), Abegás (Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado), IBP (Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis), congresso nacional, e os principais investidores e pesquisadores do setores de gás natural e de saneamento do Brasil.

 

Fonte: Cegás / Comunicação

Notícias relacionadas