Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3995-4325

Petróleo fecha em queda, com feriado nos EUA limitando liquidez

Os contratos futuros de petróleo encerraram a segunda-feira (02), em queda, em um dia de baixa liquidez nos mercados internacionais devido ao feriado nos Estados Unidos. Com isso, as negociações do petróleo WTI se deram apenas no pregão eletrônico.

O petróleo Brent para novembro, negociado na Intercontinental Exchange (ICE), fechou em queda de 0,99%, a US$ 58,66 o barril.

No pregão eletrônico da New York Mercantile Exchange (Nymex), o petróleo WTI para outubro caía 0,60%, a US$ 54,77 o barril.

Nos próximos dias, o Commerzbank espera que a demanda por petróleo seja maior do que se previa, apesar do fim da temporada de verão nos EUA, período em que motoristas costumam se locomover mais.

 “Isso, juntamente com os cortes voluntários de produção por parte da Organização dos Países Produtores de Petróleo (Opep) e seus aliados, no grupo conhecido como Opep+, provavelmente ajudará a estabilizar os preços do petróleo”, diz a instituição alemã, em relatório divulgado a clientes.

As expectativas do Commerzbank vêm em meio à guerra comercial entre os EUA e a China. Analistas temem que as divergências entre os países possam desacelerar as economias do globo, o que tende a pressionar, também, a demanda por petróleo.

No domingo (01/9), entraram em vigor mais um lote de tarifas americanas a US$ 300 bilhões em importações chinesas. O país asiático, por sua vez, já anunciou que pretende recorrer à Organização Mundial do Comércio (OMC) contra a medida.

 

Fonte: IstoÉ Dinheiro / Estadão Conteúdo

Notícias relacionadas