Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3970-1001/3970-1008

CEGÁS é homenageada pela Cruz Vermelha e celebra projetos sociais

A diretoria da Companhia de Gás do Ceará (CEGÁS) realizou (20/12) um ato para celebrar a assinatura dos contratos com os projetos selecionados pelo Programa CEGÁS de Responsabilidade Social 2019-2020. O evento ocorreu no auditório do Espaço CEGÁS de Cultura e contou com a presença de representantes dos projetos selecionados, gestores e funcionários da CEGÁS.

Durante o evento, o presidente da Cruz Vermelha no Brasil, Júlio Cals, entregou a Cruz de Distinção da Cruz Vermelha ao presidente da CEGÁS, Hugo Figueirêdo, e aos diretores Fábio Norcio e Flavio Barros.

O Programa CEGÁS de Responsabilidade Social fez a escolha dos projetos em forma de seleção pública e foi criado pela CEGÁS com o objetivo de democratizar e sistematizar o acesso aos recursos disponíveis para o patrocínio de ações nas áreas da cultura, educação, esportes, meio ambiente e saúde.

As inscrições foram gratuitas e ocorreram de 15 a 31 de outubro, diretamente no site da CEGÁS: www.cegas.com.br. A divulgação dos resultados foi no dia 27 de novembro. Ao todo, foram inscritos 40 projetos. Deste total, 16 foram selecionados.

A diretora do Porto de Iracema das Artes, Bete Jaguaribe, falou em nome dos selecionados e destacou a importância do programa. “A CEGÁS está fazendo a diferença no campo da cultura e dos projetos sociais. Num momento em que o país assiste o desmonte das políticas públicas destes setores, a CEGÁS investe num espaço cultural e no fomento de projetos. Parabéns”, disse Jaguaribe.

O presidente da CEGÁS, Hugo Figueirêdo, fez um balanço sobre os bons resultados econômicos obtidos pela CEGÁS em 2019 e destacou o apoio dado aos projetos de responsabilidade social.

 “A CEGÁS alcançou em 2019 os melhores resultados de sua história. É muito bom comemorar esse crescimento junto com o apoio a projetos que contribuem efetivamente para melhorar a vida de pessoas de nosso Estado”

Figueirêdo se emocionou ao receber a Cruz de Distinção da Cruz Vermelha, comenda que é conferida às pessoas e entidades que, de maneira especial, colaborem na obra da Cruz Vermelha, tornando mais eficiente a sua ação ou difundindo os princípios humanitários que a caracterizam.

“É muito emocionante receber a comenda de uma instituição com a história e a tradição da Cruz Vermelha. Entendo que essa distinção é feita a todos funcionários e colaboradores da CEGÁS”, disse Figueirêdo.

O presidente nacional da Cruz Vermelha, que estava acompanhado o presidente estadual da instituição, Allan Damasceno, disse que escolha dos homenageados pela comenda é extremamente rigorosa e destacou o apoio recebido pela CEGÁS.

 “Todos os equipamentos doados pela CEGÁS à Cruz Vermelha foram essenciais no socorro e resgate das vítimas do Edifício Andréa, que desabou em Fortaleza. Graças ao apoio da CEGÁS, nós conseguimos salvar muitas vidas neste acidente que abalou o Ceará e o Brasil”, disse Cals.

A Cruz Vermelha é uma organização internacional, sem fins lucrativos, cujo objetivo principal é prestar socorro e assistência às pessoas vítimas de guerras e catástrofes naturais (terremotos, tornados, enchentes, etc.). Foi fundada, em 1863, pelo suíço Jean Henri Dunant. A Cruz Vermelha é considerada a principal instituição de ajuda humanitária do mundo. No Brasil, está presente em 21 Estados.

 

Fonte: Cegás – Comunicação

Notícias relacionadas