Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3995-4325

Petróleo fecha em queda com dado de emprego frustrante dos EUA

Os contratos futuros de petróleo encerraram o pregão de sexta-feira, 10, em queda. A decepção de investidores com os números de dezembro do relatório de empregos dos Estados Unidos, o payroll, fez com que investidores reduzissem seu otimismo em relação à economia americana, gerando um clima majoritário de aversão a risco que pressionou a commodity energética. A perda semanal do contrato do WTI foi a maior desde julho.

Assim, na New York Mercantile Exchange (Nymex), o contrato do WTI para fevereiro fechou em queda de 0,87% (-US$ 0,52), a US$ 59,04 o barril, com recuo de 6,36% na semana, maior perda semanal desde julho. Já na Intercontinental Exchange (ICE), o Brent para março caiu 0,60% (-US$ 0,39), a US$ 64,98 o barril, perda de 5,27% na comparação semanal.

Os mercados internacionais se decepcionaram com os números de dezembro do “payroll” americano. Os EUA criaram 145 mil novos postos de trabalho no mês passado, o que ficou abaixo da mediana das expectativas de analistas consultados pelo Projeções Broadcast, de alta de 159,5 mil vagas.

O “sinal amarelo” em relação à performance da economia americana ofereceu um ambiente de aversão a risco nos mercados internacionais, pressionando ativos como a commodity energética, cuja demanda está vinculada ao crescimento econômico.

Fonte: IstoÉ Dinheiro / Estadão Conteúdo

Related Posts