Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3995-4325

Petróleo fecha em alta, mas encerra pior semana já registrada

Os contratos futuros do petróleo estenderam a recuperação dos últimos dias, mas fecharam a semana com fortes perdas acumuladas, com o WTI anotando a pior performance semanal já registrada.

O contrato do petróleo WTI para junho fechou em alta de 2,66%, a US$ 16,94 por barril na Bolsa de Mercadorias de Nova York (Nymex), enquanto o do Brent para o mesmo período subiu 0,51%, a US$ 21,44 por barril, na ICE, em Londres.

Os ganhos desta sexta-feira (24) estendem uma sequência de altas que começou na quarta-feira (22), mas, mesmo com a recuperação, devolveu apenas uma pequena parte do tombo sofrido no começo da semana, que levou o preço do contrato de maio do WTI a fechar no negativo pela primeira vez na história.

No acumulado da semana, o WTI fechou em queda de mais de 32%, enquanto o Brent recuou mais de 22%.

O foco permanece nas consequências econômicas da pandemia de covid-19, incluindo a destruição da demanda global, que causou a tensão no início da semana por falta de espaço de armazenamento para o petróleo, sobretudo no centro de Cushing, em Oklahoma, nos EUA.

Dominick Chirichella, da DTN, diz que os investidores também estão observando a recuperação da demanda de combustível na China, após profundas perdas no primeiro trimestre, e estão observando atentamente as economias americanas que se prepararam para reabrir lentamente, Estado a Estado. “O otimismo está chegando, pois os dois países começam a diminuir as restrições de mobilidade pessoal causadas pela pandemia.”

Fonte: Valor Online

Related Posts