Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3995-4325

Vendas de etanol das usinas do Centro-Sul caíram 22% na 1ª quinzena de maio

As vendas de etanol pelas unidades produtoras do Centro-Sul somaram 1,05 bilhão de litros nos primeiros quinze dias de maio, 22% menos que no mesmo período da safra 2019/20. Desse total, 33,94 milhões de litros foram destinados ao mercado externo e 1,02 bilhão de litros ao mercado interno.

As vendas de etanol hidratado para o mercado brasileiro alcançaram 729,23 milhões de litros, queda de 24%. As vendas de etanol anidro recuaram 23,8%, para 292,57 milhões de litros.

Antonio de Padua Rodrigues, diretor técnico da Unica, disse que “a retração nas vendas de etanol hidratado só não foi maior devido à elevada competitividade do biocombustível no mercado nacional”.

A constatação está em linha com levantamento de preços da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) que mostrou que na última semana apenas 17 municípios da amostra apurada nos Estados de São Paulo, Paraná, Minas Gerais e Goiás apresentaram paridade de preço com a gasolina acima de 70%.

Os valores indicam que, em média, o preço relativo do etanol hidratado em relação à gasolina alcançou 62,6% em Mato Grosso, 63,4% em São Paulo, 65,9% em Minas Gerais e 66,5% em Goiás.

No acumulado desde o início da safra 2020/2021 até 16 de maio, as vendas de etanol pelas usinas do Centro-Sul acumularam retração de 26,3%, somando 2,85 bilhões de litros. Desse total, 110,71 milhões de litros foram destinados à exportação e 2,74 bilhões ao mercado interno.

No mercado interno, chama atenção o crescimento acumulado nas vendas de etanol para fins não carburantes. O volume para outras finalidades atingiu 174,49 milhões de litros na quinzena, alta de 87,2%.

“O aumento reitera a importância da preservação das atividades desta indústria diante da maior demanda por álcool para desinfecção e assepsia”, explica Rodrigues.

Apesar do crescimento, o volume de produto para uso não carburante representou apenas 6% da comercialização das usinas, não permitindo, portanto, qualquer compensação na queda das vendas de etanol combustível.

Fonte: Valor Online

Related Posts