Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3995-4325

Petróleo fecha em alta após acordo entre Rússia e Arábia Saudita

Os contratos futuros de petróleo terminaram a quarta-feira (03) em leve alta, após terem encerrado a sessão da véspera nos maiores níveis em três meses. Notícias de que Arábia Saudita e Rússia concordaram em estender os cortes atuais de petróleo por mais um mês e um relatório semanal de estoques dos Estados Unidos melhor que o esperado por analistas ajudaram a sustentar os preços da commodity.

Na Bolsa de Mercadorias de Nova York (Nymex), os preços futuros do West Texas Intermediate (WTI) para julho encerraram o dia com ganhos de 1,30%, aos US$ 37,29 o barril. Na ICE, em Londres, os contratos do Brent para agosto subiram 0,55%, aos US$ 39,79 o barril.

Arábia Saudita e Rússia concordaram em estender cortes recordes na produção de petróleo até julho, disseram delegados da Opep. Além disso, muitos dos maiores produtores de petróleo do mundo estão confiantes de que a demanda por petróleo retornará rapidamente, à medida que as restrições de bloqueio de coronavírus diminuírem em todo o mundo.

O pacto ainda pode ser comprometido se os membros da aliança, incluindo o Iraque e a Nigéria, não estiverem dispostos a compensar a falta de conformidade com as recentes restrições, disseram delegados.

Como outro fator positivo para os mercados, os dados semanais de estoques de petróleo nos Estados Unidos vieram melhores do que os analistas esperavam.

 

Fonte: Valor Online

Related Posts