Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3970-1001/3970-1008

Barril do petróleo cai US$1 após avanço do coronavírus gerar temor sobre demanda

Os preços do petróleo recuaram cerca de US$ 1 por barril nesta quinta-feira (09), com investidores temendo que novos “lockdowns” para conter a disseminação do coronavírus nos Estados Unidos possam voltar a prejudicar o consumo de combustíveis no país.

Os contratos futuros do petróleo Brent fecharam em queda de 0,94 dólar, ou 2,2%, a US$ 42,35 por barril, depois de um ganho de 0,5% na quarta-feira (08). Já os futuros do petróleo dos EUA (WTI) recuaram 1,28 dólar, ou 3,1%, para US$ 39,62 o barril.

“À medida que os EUA, o Brasil e outros países continuam sendo muito afetados pela Covid-19, a demanda entra em risco”, disse Louise Dickson, analista de mercados de petróleo da Rystad Energy.

Os EUA relataram mais de 60 mil novos casos de coronavírus na quarta-feira, maior aumento diário registrado por qualquer país durante a pandemia. Segundo análise da Reuters, as infecções vêm em alta em 42 dos 50 Estados norte-americanos nas últimas duas semanas.

A nova disparada na contagem de casos fez com que Estados como Califórnia e Texas voltassem a impor algumas restrições.

As novas medidas devem afetar qualquer recuperação sustentada na demanda por combustíveis, depois de dados da Administração de Informação sobre Energia (AIE) mostrarem que os estoques de gasolina nos EUA recuaram em 4,8 milhões de barris na semana passada, superando as expectativas do mercado.

Fonte: Reuters

Notícias relacionadas