Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3970-1001/3970-1008

Petróleo fecha em alta e acumula alta de 1% na semana

Os contratos futuros do petróleo fecharam em alta, acompanhando a melhora do humor no mercado acionário americano.

O contrato do petróleo Brent para setembro fechou em alta de 2,10%, a US$ 43,24 por barril, encerrando a semana com ganhos de quase 1%. Já o contrato do WTI para agosto avançou 2,34%, a US$ 40,55 por barril, ganhando 0,7% na semana.

Os contratos da commodity operavam em queda mais cedo, mas reverteram as perdas e subiram para terreno positivo no começo da tarde, acompanhando a virada do mercado acionário americano, com os índices de Nova York avançando apesar dos temores em torno da disseminação da covid-19 nos EUA. O índice tecnológico Nasdaq, em especial, segue em vias de anotar o seu sexto recorde em sete sessões.

Os temores sobre a pandemia têm se intensificado gradativamente, com os EUA registrando ontem o seu sexto recorde diário de contaminações em dez dias. Nesta última quinta-feira foram registrados 63 mil novos casos de covid-19 ao redor do país, com muitos estados sentindo seus sistemas hospitalares sob pressão e interrompendo ou revertendo seus planos de reabertura.

Além da melhora do humor em Wall Street, número de plataformas ativas de petróleo nos EUA caiu em quatro na última semana, para um novo nível menor nível em 11 anos, em 181 plataformas. A queda alimenta as expectativas de uma redução da oferta, que ajudaria a equilibrar o mercado de petróleo.

A contagem de plataformas de petróleo recua há 17 semanas consecutivas, de acordo com dados da empresa de serviços de campos petrolíferos Baker Hughes.

Fonte: Valor Online

Notícias relacionadas