Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3995-4325

Copagaz reduz emissões em 13% após redesenho da malha e importação de GLP

A Copagaz conseguiu reduzir suas emissões de gases efeito estufa (GEE) em 13% no ano passado, resultado do redesenho da sua malha rodoviária e uma pioneira importação de GLP diretamente da Argentina e Bolívia para abastecer o mercado do Centro-Oeste brasileiro.

Segundo o Relatório de Sustentabilidade da companhia, foi possível reduzir o consumo de diesel usado em geradores, com destaque para o redesenho da cadeia de produção, estocagem, distribuição, fornecedores e clientes, bem como suas conexões, reduzindo custos e emissões.

“Em um ano em que o consumo de gás de cozinha apresentou redução, a Copagaz comercializou 641.36 toneladas, aumentando em 21.035 toneladas em relação a 2018 ou 18.44 toneladas em relação a 2017, um dos anos de maior consumo em todo o país”, disse a empresa em nota, ressaltando que aumentou sua participação de mercado de 8,5% para 8,8% no ano passado.

Com o aumento de produção – de 1.814,06 toneladas contra 1.541,02 toneladas em 2018 -, a geração de resíduos da companhia aumentou em 2019, mas a quantidade de material enviado para aterros sanitários permaneceu estável em relação ao ano anterior, enquanto o volume de resíduos co-processados aumentou.

Já o consumo de energia elétrica foi 5,95% maior no ano passado, compensado em parte pela redução do consumo de diesel em 8,76% nos seus geradores. A empresa informou ainda que, apesar de ter elevado a produção durante o ano, o consumo geral de água foi 2,2% menor e o descarte de efluentes foi reduzido em 5%.

A Copagaz é a quinta maior empresa de GLP do Brasil e comercializa cerca de 620 mil toneladas de GLP por ano, destinadas a clientes residenciais, industriais e empresariais. A empresa distribui GLP para mais de 1.800 municípios localizados em 18 estados e no Distrito Federal.

Fonte: Broadcast / Ag.Estado

Related Posts