Av. Ataulfo de Paiva, 245 - 6º andar - Salas 601 a 605 – Leblon/RJ – CEP: 22440-032
+55 21 3995-4325

Em parceria com o Sindiceram, SCGÁS promove evento de relacionamento com clientes na Feira CasaPronta

A SCGÁS esteve na 18ª Edição da Feira CasaPronta em Criciúma na última quinta-feira, 07, promovendo um coquetel de aproximação com clientes da Região Sul de Santa Catarina. Com 73 indústrias e cerca de 8 mil residências conectadas à rede de Gás Natural, a Região é responsável por cerca de 45% de todo o consumo de Gás Natural no Estado. O evento é resultado da parceria da Companhia com o Sindiceram (Sindicato das Indústrias de Cerâmica) na Feira de construção civil, decoração e mobiliários.

“A SCGÁS está colaborando no nosso estande institucional na Feira CasaPronta, destacando a importância do setor cerâmico para a região”, explica Alexandre Zugno, Diretor executivo do Sindiceram.

“O Gás Natural é essencial para a economia da Região Sul de Santa Catarina, já que atende as principais indústrias da região, que geram mais de seis mil empregos diretos. Por isso, estamos muito felizes de estar na Feira CasaPronta em parceria com o Sindiceram conversando com estes consumidores e trazendo boas notícias sobre a ampliação do suprimento de Gás Natural para Santa Catarina”, comenta Willian Anderson Lehmkuhl, Diretor Presidente da SCGÁS.

A discussão do suprimento é importante porque o Gasbol,  gasoduto que abastece o Estado, sofre uma diminuição de diâmetro na zona SC2, que abrange os pontos de entrega de Biguaçu até Nova Veneza e que abastece o Sul catarinense. Entretanto, a SCGÁS trabalha, juntamente com o Governo do Estado, pela ampliação do suprimento e contratou recentemente, via Chamada Pública, suprimento adicional via GNL (Gás Natural Liquefeito) de 150 mil m³/dia para a Região.

“A participação da SCGÁS aqui na Feira CasaPronta é muito importante porque sem o gás natural as indústrias não estariam aqui. Nós estamos nos empenhando pela ampliação do suprimento há alguns anos e agora estamos no limite da capacidade de abastecimento. Entretanto, a iniciativa proativa da SCGÁS para encontrar uma solução que não é a melhor, mas é a possível, dá um alívio para as indústrias cerâmicas e para os colorifícios que nos abastecem”, explica Otmar Muller, Presidente do Sindiceram, referindo-se à recente contratação de suprimento adicional.

Além disso, destaca-se o início da construção do Terminal da Baía da Babitonga em São Francisco do Sul. O Terminal Gás Sul (TGS) de regaseificação terá capacidade de 15 milhões de m³/dia de GNL e a construção deve finalizar no primeiro semestre de 2022.

Mercado Urbano do Sul

Em 2010, a SCGÁS lançou na feira CasaPronta o projeto de mercado urbano para implantar Gás Natural em Criciúma e assinou importantes parcerias com construtoras da região. Essas parcerias de mantem até hoje e, por isso, Willian Anderson Lehmkuhl também visitou estandes de construtoras parceiras da SCGÁS que estavam na CasaPronta.

Atualmente, Criciúma é o maior mercado de Gás Natural residencial, com cerca de 8 mil apartamentos conectados à rede. Até 2025, estima-se investir mais de R$ 1,7 milhões para ampliação da rede urbana nos municípios de Criciúma e Tubarão.

 

Fonte: SCGÁS / Comunicação

Related Posts