Av. Ataulfo de Paiva, 245 - 6º andar - Salas 601 a 605 – Leblon/RJ – CEP: 22440-032
+55 21 3995-4325

Na Bolívia, Mendes assegura fornecimento de gás natural a MT

O governador Mauro Mendes (DEM) esteve na Bolívia, nesta sexta-feira (15), para assegurar que o gás natural continue a ser fornecido para Mato Grosso. O democrata se encontrou com o ministro de Hidrocarburos, Luis Alberto Sánchez Fernández, e o presidente da estatal Yacimientos Petroliferos Fiscales Bolivianos (YPFB), Oscar Barriga Arteaga. De acordo com Mendes, apesar da queda no fornecimento do produto, devido ao desmoronamento de um dos poços bolivianos que atingiu não só Mato Grosso, mas também a Argentina e a Petrobrás, não há interrupção no fornecimento ao Estado. “Conseguimos garantir que não haja interrupção no fornecimento, graças aos importantes investimentos que estamos fazendo para desenvolver a cadeia do gás, tanto veicular, como a construção da rede de distribuição para indústrias, que vai ser alocada lá no Distrito Industrial”, disse.

Mendes disse, ainda, que o Estado tem uma posição estratégica no mercado nacional de gás e grande potencial de desenvolvimento também para o mercado de ureia. “Conversamos de forma bastante positiva e esperamos até a próxima semana uma resposta firme para uma possível ampliação no fornecimento de gás, em 2022, para Mato Grosso”. “Mais uma vez nós acreditamos que vamos fortalecer e consolidar essa matriz energética no nosso Estado”, afirmou. Estiveram presentes na reunião o presidente da MT Gás, Rafael Reis, e o suplente de senador Fábio Garcia. Em junho deste ano, o governo assinou contrato firme para fornecimento de gás natural da Bolívia com vigência de cinco anos, a partir de janeiro de 2022. O contrato permite que Mato Grosso receba até 3,5 milhões de m³ de gás natural ao mês durante o ano de 2022, podendo chegar até 6,5 milhões de m³ até 2027.

 

Fonte: Mídia News

Related Posts