Av. Ataulfo de Paiva, 245 - 6º andar - Salas 601 a 605 – Leblon/RJ – CEP: 22440-032
+55 21 3995-4325

Projetos voltados às comunidades lindeiras de Gaspar e Tubarão serão beneficiados por edital da SCGÁS

Em cerimônia realizada na tarde da última terça-feira (19), a SCGÁS assinou contrato com os Projetos Socioambientais vencedores da Chamada Pública realizada com recursos próprios da Companhia. Neste edital, serão beneficiados os projetos “Promovendo a Biodiversidade e a Educação Ambiental do Loteamento Margem Esquerda” e o “Comunidade Brincar”.

Os projetos receberão, ao todo, R$ 500 mil para promover ações de melhorias sociais, ambientais e espaciais nas comunidades. Para concorrer, os projetos deveriam atuar em comunidades próximas às estações de recebimento de Gás Natural em Gaspar e Tubarão. Esta é a primeira vez que a SCGÁS realizou uma Chamada Pública para contratação de Projetos Socioambientais com recursos advindos de seu orçamento anual, após revisão de política interna que estabelece a destinação de 0,25% da margem bruta realizada no ano anterior para a contratação das ações.  O edital teve a parceria da Rede Laço de Voluntariado na divulgação e o apoio da Fundación Avina na definição metodológica do programa.

“Feliz demais em firmar essa parceria com a SCGÁS, que trouxe com esse edital, um olhar carinhoso para área social, uma das principais frentes de atuação da Rede Laço. Graças a excelente atuação da SCGÁS, esses projetos serão executados para trazer uma melhor qualidade de vida para as comunidades lindeiras de Gaspar e Tubarão. Então o dia de hoje será para comemorar esse passo importante, tanto para as instituições que tiveram os seus projetos selecionados e farão a diferença na vida de muitas crianças através das propostas apresentadas, quanto para nós, que seguimos trabalhando pela causa, sempre buscando promover e multiplicar ainda mais a prática de boas ações em Santa Catarina”, afirma a Presidente da Rede Laço e primeira-dama do Estado, Késia Martins da Silva.

Para Willian Anderson Lehmkuhl, Diretor Presidente da SCGÁS, a cerimônia marca uma nova fase da Companhia. “Estamos muito felizes em estar aqui na Rede Laço celebrando a contratação de projetos sociais que irão nos ajudar a melhorar os espaços de vida de comunidades vizinhas aos nossos equipamentos operacionais. Essas comunidades se desenvolveram ao redor das estações de recebimento de Gás Natural após suas instalações, por isso é tão importante promover ações de responsabilidade socioambiental nestes locais”, conclui Lehmkhul.

Em 2021, a Companhia visitou e ouviu os moradores das comunidades lindeiras de Indaial e Urussanga, para também conhecer suas necessidades. No início do mês, a SCGÁS abriu uma nova chamada pública para seleção de Projetos Socioambientais incentivados, que aceita inscrições até 24 de outubro. Neste edital, os projetos devem ser amparados pela Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet) e da Lei de Incentivo ao Esporte (Fundesporte).

Projetos Sociais Contemplados

Os dois projetos contemplados no edital de recursos próprios irão atuar nas comunidades lindeiras de Gaspar e Tubarão. Em Gaspar, o projeto “Promovendo a Biodiversidade e a Educação Ambiental do Loteamento Margem Esquerda”, da Associação de Pais e Professores da E.E.B. Angélica de Souza Costa objetiva promover vivências de educação ambiental com os alunos.

Para isso, o projeto propõe a construção de um bosque e um pomar na área da escola envolvendo a comunidade do bairro Margem Esquerda, promovendo oficinas, palestras e materiais educativos acerca da sustentabilidade ambiental. “Este projeto reflete a união da escola, comunidade e família como um grupo, para melhorar hábitos de vida que vão enriquecer o seu dia a dia e melhorar o futuro de nossas crianças”, explica a coordenadora pedagógica, Eliane Hoepers Alves.

No município de Tubarão o projeto “Comunidade Brincar” do instituto Aliança Urbana irá cocriar e iniciar a implementação de uma comunidade de brincar, alinhado com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Para isso, irá desenvolver, por meio do diálogo com as crianças e a comunidade, uma rota de brincar na comunidade.

“O Instituto Aliança Urbana está feliz pela parceria com a SCGÁS no projeto que valoriza o brincar, a qualidade de vida das crianças e que poderá levar a comunidade do bairro da Guarda, em Tubarão, a ser referência no cuidado infantil”, afirma Marcus Fuchs, representante do Instituto. A Organização da sociedade civil busca criar e implementar soluções aos desafios da sustentabilidade em cidades e territórios.

 

Fonte: SCGÁS / Comunicação

Related Posts